Cascavel – A Polícia Rodoviária Federal iniciou quinta-feira (30) a Operação Ano Novo 2022 em todo o estado do Paraná. Até o próximo domingo (2), os policiais estarão ainda mais presentes em todas rodovias, sendo que o foco da operação é garantir mais segurança aos motoristas que trafegarem pelas rodovias. Para garantir um fluxo melhor, um esquema de restrição de tráfego dos veículos pesados foi implantado.

A restrição ao tráfego pesado começa nesta sexta-feira (31) das 14h às 22h, no sábado (1º) será das 6h às 12h e, no domingo, (2) das 16h às 22h. Nesses horários ficam proibidos de circular em rodovias federais de pista simples os veículos ou combinações de veículos, passíveis ou não de Autorização Especial de Trânsito (AET) ou Autorização Específica (AE).

A PRF alerta que o período de fim de ano é marcado pelo aumento do fluxo de veículos e usuários circulando pelas rodovias federais para os mais diversos destinos. Os policiais estarão trabalhando na prevenção e na fiscalização das ultrapassagens indevida, embriaguez ao volante, utilização do cinto de segurança, utilização dos dispositivos de retenção, uso do capacete, excesso de velocidade e uso do celular ao dirigir, que são os principais fatores que tradicionalmente provocam maior número de fatalidades nas rodovias.

 

Bêbado dirigindo

Infelizmente, um exemplo de imprudência ocorreu na noite de quarta-feira (29), na BR-277, km 540, na cidade de Ibema, quando aconteceu um acidente envolvendo vários veículos, deixando três pessoas gravemente feridas. Um veículo Kadett tentou realizar uma ultrapassagem se deparou com uma carreta na faixa contrária, tentou jogar o veículo de volta para sua faixa quando colidiu contra um automóvel que seguia no mesmo sentido e contra a carreta do sentido contrário.

Em seguida, um caminhão e outro automóvel que vinham logo atrás também colidiram contra os veículos. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Samu de Cascavel foram mobilizadas, totalizando oito ambulâncias envolvidas no atendimento de diversas vítimas. A pista ficou totalmente interditada para atendimento dos feridos e remoção dos veículos. O motorista que causou o acidente apresentava sinais de embriaguez e devido ao seu estado de saúde foi encaminhado ao Huop (Hospital Universitário do Oeste do Paraná), em Cascavel, e quando receber alta será apresentado à autoridade policial.

 

Acidente provocado por motorista embriagado envolveu pelo menos quatro veículos de passeio e dois caminhões

Foto: Portal SOT

 

Cuidados importantes ao trafegar nas rodovias

 

A PRF orienta que os cuidados devem ser redobrados no período chuvoso, quando o motorista deve manter cuidados especiais, já que os acidentes que ocorrem sob chuva, geralmente são provocados pela diminuição da visibilidade, falta de atenção e velocidade incompatível.

No caso de chuvas, a orientação é para que os motoristas transitem em velocidade moderada, sempre a direita da via, acenda os faróis baixo e mantenha uma distância segura do outro veículo que segue à sua frente, para evitar freadas bruscas. Outra saída é procurar um lugar considerado seguro fora da pista que não seja debaixo de árvore ou de fiação elétrica.

Segundo levantamento da PRF, no Paraná as colisões traseiras somaram mais de 20% do total de acidentes e feridos nas rodovias federais do estado em 2021. Esse tipo de acidente está relacionado ao comportamento imprudente do motorista de não manter a distância de segurança do veículo que transita a sua frente.

Deixar de guardar distância de segurança, além de ser uma infração de trânsito passível de multa, prejudica muito a fluidez do trânsito nas rodovias. Imprevistos podem acontecer e mesmo um motorista desatento é capaz de reagir em tempo a eles se mantiver uma distância segura do veículo da frente.

Além disso, não “andar colado” auxilia os veículos que tenham a intenção de realizar ultrapassagens e os veículos de socorro a intercalarem com agilidade e segurança os veículos que transitam a sua frente, diminuindo o risco de acidentes e melhorando a fluidez do trânsito.

 

“Dois segundos”

Outra dica da PRF é de sempre manter uma distância segura do veículo da frente, já que com isso, os motoristas acabam tendo tempo de reagir e acionar os freios diante de uma situação de emergência e para que haja tempo também para que o veículo, se for freado, consiga parar antes de colidir.

Uma regra simples que muitos não conhecem e que pode ajudar a evitar muitos acidentes e salvar vidas é a regra dos dois segundos. Em condições normais da pista e do clima, o tempo necessário para manter a distância segura é de, aproximadamente, dois segundos. Essa distância, leva em consideração o trânsito dentro dos limites de velocidade estabelecidos, que é de 110 quilômetros por hora no máximo.