Polícia Civil prende suspeito do primeiro assassinato de 2020 em Umuarama

O acusado confessou o crime

Com mandado judicial de prisão em mãos, policiais civis prenderam nesta segunda-feira (20) à tarde, o homem acusado do assassinato de Erivelton Ferreira Viana, que aos 38 anos, foi executado enquanto estava dentro de seu carro, na manhã do domingo (12). O crime aconteceu numa das ruas do conjunto Córrego Longe em Umuarama.

O primeiro homicídio registrado em 2020 em Umuarama, tratou-se de uma execução à tiros.

O autor, que tem 27 anos de idade, foi identificado e capturado. Contra ele foi expedido pela 2ª Vara Criminal, um mandado de prisão temporária pelo período de 30 dias.

Segundo o delegado Gabriel Meneses, as investigações levaram ao paradeiro do acusado em por haver fortes indícios contra ele, foi solicitado o documento para que fosse mantido preso até a conclusão do inquérito policial que apura os fatos.

Conforme o delegado houve ainda a confissão. “O suspeito foi interrogado sobre os fatos e confessou o crime. Agora ele permanecerá à disposição da Justiça pelo período citado, podendo sua prisão ser renovada por mais trinta dias ou convertida em preventiva”, conta Meneses.

O delegado ressalta ainda que, desde o dia do crime os policiais civis estavam trabalhando no caso e buscando a captura do suspeito, até que chegaram informações de que estava ameaçando também familiares da vítima.

O homem foi preso em frente a sua residência, no Parque das Jabuticabeiras, em Umuarama. Ele não apresentou qualquer resistência durante o cumprimento do mandado.

 

 

 



Fale com a Redação

dezenove − dezesseis =