Polícia captura homicida foragido há 3 anos em operação na fronteira com a Argentina

Sobre o preso também recaem suspeitas de participação em uma série de furtos em propriedades rurais em ambos os lados da fronteira Brasil e Argentina.

Foz do Iguaçu/PR – Na noite desta quarta-feira (04) uma Força Tarefa formada pela Polícia Federal, Polícia Militar e Força Nacional conseguiu capturar homem de 55 anos, acusado de ter assassinado e esquartejado sua companheira no interior do município de Planalto/PR, no final de 2016.

Desde o homicídio, o foragido vive no interior do município de Pérola D’Oeste/PR, na região da fronteira com a Argentina. Revezando o território brasileiro e o território argentino, estando sempre escondido em áreas de matas.

Sobre o preso também recaem suspeitas de participação em uma série de furtos em propriedades rurais em ambos os lados da fronteira Brasil e Argentina.

Além disso, foi verificado que um de seus filhos possui mandado de prisão em aberto pelos crimes de furto e roubo, encontrando-se foragido atualmente.

Após a sua localização no local conhecido como Linha Augusta, interior do município de Pérola D’Oeste, o acusado foi preso e  conduzido à sede da Polícia Militar em Pérola D’Oeste e em seguida apresentado à Delegacia de Policia de Capanema/PR, onde permanecerá à disposição do Juízo da Vara Criminal de Capanema, vara que expediu o Mandado de Prisão Preventiva.
Essa é mais uma ação conjunta da Polícia Federal, Polícia Militar e Força Nacional no combate ao crime na fronteira Sudoeste paranaense, que faz parte da Operação Fronteira Segura.



Fale com a Redação

3 × um =