O Autódromo Zilmar Beux será palco no próximo domingo da quinta etapa da Stock Car Pro Series. Será a pista de maior velocidade do calendário.

Segundo o experiente engenheiro Eduardo Bassani, da equipe Full Time, Cascavel se destaca por permitir que os carros andem mais tempo em velocidades elevadas durante cada volta. “Acontecem em Cascavel as maiores médias horárias – o que indica que é nesse traçado onde a Stock acelera forte por mais tempo durante uma corrida”, frisa Bassani.

No ano passado, por exemplo, as maiores médias horárias de vencedores foram 163,6km/h em Cascavel (Bruno Baptista), 156,3km/h em Curitiba (Gabriel Casagrande), 153,9 km/h em Goiânia (Ricardo Zonta) e 151,6 km/h em Interlagos (Zonta).

Luta pela pole

Cravar a pole é sempre feito especial, já que piloto e carro estão preparados para andar no nível máximo durante o classificatório. A pole de Max Wilson em Cascavel/2017 está entre as maiores façanhas da Stock Car recente. Na ocasião, o campeão de 2010 registrou a média de 180,95, na pole position mais rápida da história naquela pista.

O feito é raro entre os pilotos atuais. Tanto que, entre os 32 participantes em 2021, ninguém conseguiu fazer a pole em Cascavel mais de uma vez na carreira. O mais recente, em 2020, foi Bruno Baptista – um jovem talento que conta com esse registro para atestar seu valor ao volante.

Após quatro etapas, a Stock Car chega a Cascavel sob a liderança de Daniel Serra, que soma 131 pontos. A seguir estão Gabriel Casagrande (116), Ricardo Zonta (113), Cesar Ramos (112), Diego Nunes (106), Rubens Barrichello (7), Denis Navarro (96), Átila Abreu (89), Guilherme Salas (87), Bruno Baptista (86), Thiago Camilo (83), Allam Khodair (74), Ricardo Maurício (72), Rafael Suzuki (62) e Cacá Bueno (56).

 

Programação da Stock Car em Cascavel

Hoje – Sexta-feira

15h55 – 16h05 – Shakedown

 

Amanhã – Sábado

9h – 10h10 – Treino livre 1

12h05 – 13h15 – Treino livre 2

15h10 – 15h55 – Classificação

 

Domingo

11h – 11h10 – Warm up

12h10 – Corrida 1 (30 minutos + 1 volta)

12h48 – Corrida 2 (30 minutos + 1 volta)

 

Fim da CNV

Por determinação do presidente Giovanni Guerra, a CBA (Confederação Brasileira de Automobilismo) extinguiu a CNV (Comissão Nacional de Velocidade). Suas atribuições passam para o CTDN (Conselho Técnico Desportivo Nacional).

 

Novo presidente

O CTDN também tem mudanças. O presidente passa a ser Fábio Borges Greco, em substituição a Carlos Roberto Montagner, que continua como membro. Os demais membros são Eduardo Sala Polati, José Haroldo Scipião e Nestor Valduga.