POLICIAL

PM e Gaeco cumprem 12 mandados em operação que investiga policiais rodoviários

29 de abril de 2022 às 13:35
Polícia Militar e GAECO cumprem 13 mandados de Busca e Apreensão no estado -
Publicidade

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), em conjunto com a Corregedoria-Geral da Polícia Militar do Paraná, cumpriram 12 mandados de busca e apreensão contra policiais nesta sexta-feira (29). Houve uma prisão em flagrante de um policial militar por parte ilegal de arma de fogo.

A ação é um desdobramento das investigações contra policiais militares rodoviários supostamente envolvidos em corrupção. Os trabalhos da operação Campo Minado ocorreram em cidades do Norte e Noroeste do Estado.

O trabalho dos profissionais começou nas primeiras horas da manhã, com abordagens a residências nas cidades de Cruzeiro do Oeste, Umuarama, Iporã, Goioerê, São Jorge do Ivaí, Ângulo, Londrina, Iguaraçu e Peabiru. As equipes também cumpriram mandados judiciais em postos rodoviários de Iporã, Iguaraçu, Peabiru e Assis Chateaubriand.

Ao todo, foram apreendidas munições de calibres .38, .357, .40, armamento sem registro (garrucha), R$ 22.810,00 em dinheiro e uma barra de metal, semelhante a ouro, pesando 52 gramas. Documentos, celulares, computadores e outros objetos também foram apreendidos.

A operação foi deflagrada pelos núcleos do Gaeco de Cascavel e Londrina, com apoio da Polícia Militar, após quatro meses de investigações. Segundo informações do Ministério Público do Paraná, a medida foi deferida pela Vara da Auditoria da Justiça Militar Estadual (VAJME) e apura denúncias de envolvimento na cobrança de propinas para liberar passagem de transportadores de mercadorias contrabandeadas.

AEN

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE