Polícia Civil cumpre mandados judiciais contra organização criminosa atuante no tráfico de drogas

Cerca de 90 policiais civis participaram da operação

A Polícia Civil do Paraná (PCPR) nesta sexta-feira (31), deflagrou a Operação “Dasos”, decorrente de investigação sobre o tráfico de drogas.

Cerca de 90 policiais civis participaram da operação, com o objetivo de cumprir 12 mandados de prisão preventiva e 13 mandados de busca e apreensão em Cascavel e na região metropolitana de Curitiba. As ordens judiciais foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Cascavel.

A PCPR apurou que um preso, custodiado na Penitenciaria Estadual de Piraquara, estaria comandando o tráfico de drogas no Bairro Floresta, em Cascavel. Ele seria auxiliado diretamente por sua esposa, responsável pelo repasse de informações e pela arrecadação dos valores provenientes da venda de entorpecentes.

O grupo investigado era bastante organizado, estabelecendo, inclusive, “escalas de plantão” para a venda de drogas nos pontos que dominavam. Além disso, atuava visando o ingresso de drogas em estabelecimentos prisionais no município.

Durante os 04 meses da fase de investigação, quatro integrantes da organização criminosa já haviam sido presos em flagrante, pelos crimes de tráfico de drogas e receptação. Com eles houve a apreensão de cocaína e maconha.

Segundo as investigações, o grupo criminoso teria praticado os crimes previstos nos artigos 33 e 35 da Lei 11.343/2006, tráfico de drogas e associação para o tráfico, respectivamente.

A operação denominada “Dasos” reporta à palavra grega para “Floresta”, nome do bairro onde a atuação do grupo criminoso se concentrava em Cascavel.

A Delegada-Chefe da Subdivisão Policial de Cascavel, Mariana Viera, e o Delegado Thiago Teixeira, concederam entrevista coletiva logo após a finalização da operação, no auditório da 15ª Subdivisão Policial, apresentando o resultado da operação e fornecendo detalhes da investigação para a imprensa.

O sucesso da operação resultou em 14 pessoas detidas entre 17 e 33 anos, sendo 13 maiores presos e um adolescente apreendido. Os investigados já tinham passagens por homicídio, roubo, trafico, posse de arma de fogo, receptação, furto.

Foram presos na operação em cumprimento à mandados de prisão e flagrantes as seguintes pessoas: D.F.D. (mp); G.P.S. (mp); A.P.G.A (mp); M.S.A. (mp); M.G.A (mp); A.A.B.S. (flagrante + mp); E.V.D. (flagrante + mp); E.V.D.J. (flagrante + mp); M.O.S. (mp); L.H.G.M. (mp); D.E.S. (mp); M.A.M.K. (mp); R.H.A.S. (flagrante + mp), e ainda a apreensão em flagrante de um adolescente de 17 anos.

Os mandados de busca também resultaram frutíferos com apreensão de drogas, dinheiro e celulares, que contribuirão na comprovação das atividades do grupo criminoso

Veja imagens da operação que começou antes do dia amanhecer:

Matéria atualizada com balanço às 13h41.



Fale com a Redação

cinco × 2 =