Foz do Iguaçu – O Parque Nacional do Iguaçu celebra 80 anos de criação, nesta quinta-feira, 10 de janeiro, com bons resultados sustentáveis no universo ambiental e turístico da unidade de conservação. A população de onça-pintada, animal símbolo do parque, cresceu cerca de 70% nos últimos anos. Já a visitação turística, que colabora para o desenvolvimento da economia local e regional, atingiu em 2018 sua melhor marca de todos os tempos, cerca de 1,9 milhão de visitantes.

Para comemorar essas duas importantes conquistas, o Parque Nacional do Iguaçu organiza, nesta quinta-feira, às 8h, uma festa exclusiva para todos funcionários e convidados da unidade de conservação, no heliponto, perto do Hotel das Cataratas, com visão especial das Cataratas do Iguaçu.

“Conseguimos potencializar os ganhos ambientais e melhorar a qualidade dos nossos serviços aos visitantes. O resultado é fruto de muito trabalho diário das pessoas que vivem o Parque Nacional do Iguaçu. São os funcionários da Polícia Ambiental, da Cataratas S.A, do Macuco, do Hotel, de todas as concessionárias e do ICMBio. Todos fazemos esse resultado”, destacou Ivan Baptiston, chefe do Parque Nacional do Iguaçu.

Programação

As atividades de comemoração serão concentradas no heliponto das 8h às 9h30 para os funcionários e das 10h30 às 12h para convidados. O chefe do Parque Nacional do Iguaçu, Ivan Baptiston, fará a abertura das atividades comemorativas.

Por conta disso, o Parque Nacional do Iguaçu abrirá um pouco mais tarde, às 10h30, para os visitantes, e fechará os serviços de visitação turística às 18h.

Os turistas serão recepcionados com música clássica durante toda a manhã. O grupo Energia Pura fará uma apresentação exclusiva mesclando clássicos, tango, pop clássico, música latina e rock.

Bosque

À tarde será inaugurado o Bosque Memórias Vivas, próximo à Trilha das Cataratas. Os trabalhadores com mais de dez anos de atividades prestadas ao Parque Nacional do Iguaçu serão convidados a plantar mudas nativas.