Cascavel – As obras de ampliação e reforma da UPA (Unidade de Pronto-Atendimento) Brasília, em Cascavel, começaram a todo vapor. E quem deu o start inicial foi o próprio prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, que quer a nova estrutura pronta até o aniversário da cidade (14 de novembro), apesar de o prazo para a conclusão seja janeiro de 2020. “Se conseguirmos entregar em novembro, será um presente para o Município. Essa obra representa muito para a zona norte. É uma necessidade de muito tempo e que precisa ser entregue o quanto antes”.

O desafio foi aceito pelos trabalhadores: “Fizemos um cronograma que mesmo que chova não precisamos paralisar as obras. Se não dá para trabalhar na ampliação na parte externa, estaremos dentro do prédio executando a reforma. Queremos agilizar todos os processos, tentar não atrasar e até entregar antes”, disse o mestre de obras da WZK Construções, André de Oliveira.

Paranhos esteve na unidade ontem à tarde. Ele conta que o atual estacionamento dará lugar a novas salas de atendimento. “São 500 metros quadrados de ampliação, mais de 1,1 mil metros quadrados de reformas. As equipes serão ampliadas e o atendimento, reforçado”.

Para isso, serão investidos R$ 2,2 milhões.

A conselheira de saúde Rosana Anastácio tem boa expectativa: “A ampliação é fundamental. Aproveitar o espaço do estacionamento para pôr mais salas é ótimo. Aqui sempre foi lotado. Esperamos que agora todos sejam atendidos com mais agilidade”.

Recursos federais

A reforma da UPA Brasília visa ao credenciamento no governo federal. “Ela não era reconhecida como UPA devido ao formato, à estrutura… e por isso não recebíamos verbas federais. Agora vamos encaminhar pedido e creio que em 90 dias após a entrega da nova UPA saberemos se a unidade poderá receber os recursos. Ela está sendo totalmente adequada aos padrões necessários para o recebimento dessa verba federal”, explica Paranhos.

Atendimento

Devido às obras, no fim do ano passado o atendimento da UPA Brasília foi transferido para as dependências do antigo Hospital Santa Catarina, na Rua Domiciliano Teobaldo Bresolin, 352, Bairro São Cristóvão, que, após a mudança será reformado para abrigar o futuro Hospital Municipal.