201607091349325975_AP.jpgVARSÓVIA – Obama afirmou, em coletiva para imprensa neste sábado, que os Estados Unidos não estão tão divididos quanto alguns dizem, após a sequência de tiroteios fatais envolvendo a comunidade afro-americana. Segundo ele, todas as raças se uniram com os ataques, incluindo manifestantes e suas famílias.

– Há unidade no pensamento de que isso não é o que queremos ser – disse ele, que participa de uma cúpula da Otan em Varsóvia.

Cinco policiais brancos foram mortos a tiros durante um protesto em Dallas na quinta-feira. A marcha era contra a matança de homens negros pela polícia.

Ao comentar os episódios, ele também disse que não é verdade que os EUA estão voltando para a situação vivida na década de 1960.

O quadro traz à tona uum produndo debate sobre o porte de armas no país. Ao comentar isso, Obama classificou que, quando se trata de problema arma, não há “polarização”.