Ter contato com grandes empresas, ouvir sobre dificuldades, propor soluções e, ainda, criar contatos para negociações. Essas são apenas algumas das oportunidades que o Link SRI vai oferecer no dia 1º de dezembro, em Medianeira, região oeste do Paraná. O Link SRI tem como missão agir como um matchmaking, ou seja, um conector entre demandantes e solucionadores, fomentando a geração de novos negócios e o desenvolvimento pela força da inovação.

“A partir do momento em que reunimos atores da economia regional com empreendedores, startups, comunidade acadêmica e público em geral, temos a inovação aberta ocorrendo na prática. Será uma troca que vai gerar resultados duradouros”, esclarece o consultor do Sebrae/PR, Alan Debus.

A programação começa com a especialista em dados e inteligência artificial da Microsoft, Stéfany Markovits, que vai falar sobre inovação aberta de resultados. A partir das 10 horas, o Centro de Convenções da Lar será dividido em sete palcos principais: um para cada empresa âncora. Ali, haverá a identificação e apresentação detalhada dos desafios e oportunidades. Em seguida, será a vez de apresentações das instituições de apoio, que demonstrarão quais são as possibilidades que cada uma disponibiliza para que as ideias criadas sejam impulsionadas e, ao final, será o único momento que as empresas e os empreendedores solucionadores terão para habilitar-se a apresentar as propostas.

“Ao fazer a inscrição, o participante terá acesso aos problemas elencados pelas empresas âncoras, direto na plataforma Catalisa. Lá, os desafios são separados de acordo com segmentos No dia do Link, os inscritos entenderão detalhes das demandas apresentadas e verão quais são as empresas autoras de cada desafio para, a partir disso, selecionar e apresentar as soluções adequadas”, descreve Alan.

Nesse primeiro momento, as empresas demandantes (Lar, Frimesa, Primato, Alfacon, Via Lácteos, Coopavel e Coprossel) apresentaram 62 desafios, que compreendem oito segmentos, que vão desde atenção ao cliente até sanidade animal. Por meio da dinâmica do evento, os participantes terão a chance de apresentar as soluções e ideias diretamente para os representantes das empresas âncora.

“Juntas, essas empresas faturaram mais de R$ 20 bilhões em 2020 e todas estão dispostas a investir em novas ideias, por isso é importante que os empreendedores agarrem essa chance de aproximação. Com o evento, esperamos celebrar parcerias de resultado por meio da inovação aberta”, finaliza Alan.

O Link SRI Matchmaking é realizado pelo Sistema Regional de Inovação – Iguassu Valley em parceria com o Sebrae/PR, Programa Oeste em Desenvolvimento (POD), Parque Tecnológico Itaipu (PTI), FIEP e a patrocinadora Itaipu Binacional. Já estão confirmadas as presenças destes, além do BRDE, representantes de parques tecnológicos, incubadoras e Senai. O encontro será realizado no próximo dia 1º de dezembro (quarta-feira), a partir das 9 horas, no Centro de Convenções da Lar, em Medianeira. Para realizar a inscrição e ter acesso aos problemas das demandantes, basta acessar o link https://bit.ly/LinKSRIOeste. As inscrições estão abertas para pessoas de todo o Brasil e disponíveis até o dia 30 de novembro.

(Assessoria)