Dezenas de policiais civis e militares realizam, desde cedo, uma operação para desmantelar duas quadrilhas que se infiltraram entre integrantes do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra) em Rio Bonito do Iguaçu e Quedas do Iguaçu.

A megaoperação envolve ainda um helicóptero que realiza buscas aéreas. Policiais de Cascavel, Pato Branco e Guarapuava participam da ação. A operação é comandada pela 2ª SDP (Subdivisão Policial) de Laranjeiras do Sul.

De acordo com o delegado Helder Andrade Lauria, durante uma das abordagens em Quedas do Iguaçu a equipe foi recebida a tiros. Um policial militar foi ferido de raspão no braço. O autor dos disparos se escondeu em meio a um matagal e até às 11h30 não havia sido localizado. Vinte e cinco pessoas foram detidas.

Segundo o delegado, as quadrilhas são responsáveis por furto de madeira, assaltos em propriedades rurais, homicídios e latrocínios, entre outros crimes.