201608151439172921_AP.jpgRIO ? Ao engrenar da reta final da Olimpíada do Rio, o Brasil decide nesta terça-feira se vai garantir medalha ? ou precisar lutar pelo bronze ? nas semifinais do vôlei de praia e do futebol feminino, que estreia no palco máximo da modalidade, o Maracanã. Na canoagem de velocidade, no boxe e no levantamento de peso, o desafio é conquistar pódios inéditos para o país, que viu na noite da segunda-feira Thiago Braz ganhar o segundo ouro da delegação, no salto com vara.

APP RIO OLÍMPICO: Baixe grátis o aplicativo e conheça um Rio que você nunca viu

E tem mais. Confira os destaques deste 16 de agosto.

Maratona aquática: Depois do bronze de Poliana Okimoto na prova feminina, mergulha nas águas geladas de Copacabana Alan do Carmo, que nada pelo Brasil a partir das 9h.

Canoagem: Qualquer posição no pódio já representaria a maior conquista na modalidade. Isaquias Queiroz sabe disso e tem a chance de fazer história na classe C1 1.000m, a partir das 9h.

Atletismo: Embalada pela conquista de Thiago Braz, a torcida grita agora o nome de Fabiana Murer, na prova feminina da modalidade. Às 9h45, começam as classificatórias para a prova em que a brasileira busca a redenção no Estádio Olímpico após o revés em Londres-2012.

O raio também pisa nas pistas esta manhã: coroado tricampeão dos 100m rasos no Rio-2016, Usain Bolt corre na primeira rodada dos 200m rasos, sua prova favorita, às 11h50. Já o brasileiro João Vitor ? ou melhor, João do Peixinho ? compete pela semifinal dos 110m com barreiras às 20h40m. Se avançar à final, vale a torcida para ele às 22h45m.

Handebol: Pelas quartas de final do feminino, as meninas entram em quadra às 10h contra a Holanda. Em disputa, a vaga inédita nas semifinais para as brasileiras.

Futebol: Marta e companhia enfrenta nesta terça mais uma vez a Suécia, às 13h ? mas agora vale a classificação para a final e a garantia de pódio. O caminho para o ouro passa pela reconciliação com o Maracanã.

Vela: Robert Scheidt tenta o sexto pódio da carreira, a partir das 11h50m. O brasileiro só tem chance de bronze.

Polo aquático: Os meninos do Brasil caem na piscina contra a Croácia, às 15h10m, pelas quartas de final. Depois da vitória sobre a fortíssima Sérvia na primeira fase, o capitão Felipe Perrone garante que não há limites para sonhar.

Ginástica artística: Às 15h30m, Francisco Barretto compete na final da barra fixa, em busca da quarta medalha dos meninos brasileiros.201608141844579969_AP.jpg

Vôlei de praia: É dia de torcida por todas as duplas ainda vivas na disputa pelo ouro. Às 16h, Talita e Larissa encaram a pedreira alemã de Ludwig e Walkenhorst. Logo depois, às 17h, já Alison e Bruno Schmidt enfrentam os holandeses Brouwer e Meeuwsen. Ao fim do dia, às 23h59m, é a vez de Ágatha e Barbara lutarem por uma vaga na final, contra as habilidosas americanas Walsh e Ross.

Boxe: Robson Conceição tenta às 19h15, na final do peso ligeiro, superar os irmãos Yamaguchi e Esquiva Falcão como maior medalhista do Brasil na modalidade, ao conquistar o lugar mais alto do pódio. O embate é contra o francês Sofiane Oumiha.

Vôlei: A seleção de Zé Roberto começa nesta terça-feira “um torneio por dia”. Sem problemas na fase de grupos, as brasileiras encaram primeiro as chinesas no mata-mata da competição. Às 22h15m, a partida vale pelas quartas de final.

A FESTA OLÍMPICA NA CIDADE

2015_802305392-2015032590244.jpg_20150528.jpgNo Porto Maravilha:

Às 20h ? Elba Ramalho convida Moraes Moreira, no Palco Encontros

No Parque Madureira:

Às 18h ? Vila Isabel e Timoneiros da Viola

Às 19h ? Velha Guarda da Portela