Cascavel – Não é verdadeira a informação que viralizou por meio do WhatsApp nos últimos dias de que o desconto do Seguro Dpvat deste ano só valeria para pagamento até ontem (4). A fake news dizia que se tratava de um desconto momentâneo e não divulgado. Nada disso!

A redução dos valores foi amplamente divulgada pela imprensa brasileira, inclusive foi capa do Jornal O Paraná dia 14 de dezembro, com informações verdadeiras, é claro, informando a queda do seguro obrigatório neste ano, que, em média, foi de 63,3%.

A decisão foi tomada pelo CNSP (Conselho Nacional de Seguros Privados), vinculado ao Ministério da Fazenda, que aprovou ainda em meados do mês passado a redução média de 63,3% do chamado Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos, o Dpvat.

As reduções já estão em vigor e variam conforme o tipo de veículo. Automóveis particulares, táxis e carros de aluguel, veículos ciclomotores e máquinas de terraplanagem, tratores, caminhões, pick-ups, reboques e semirreboques terão o Dpvat reduzido em 71%. No caso dos automóveis particulares, a tarifa cairá de R$ 41,40 para R$ 16,21, por exemplo.

Os ônibus, micro-ônibus e lotações tiveram o seguro reduzido em 79%. Já o seguro para as motocicletas e motonetas, que concentram a maior parte dos acidentes de trânsito que demandam o acionamento do Dpvat, caiu menos: 56%.

Segundo a Fazenda, isso foi possível porque se apertou o cerco contra as fraudes e, assim, as reservas são mais que suficientes para garantir a solvência de longo prazo do Seguro Dpvat, que paga indenizações em torno de R$ 2 bilhões por ano.

O pagamento do Dpvat deve ser feito de 24 a 30 de janeiro, conforme o final da placa do veículo. São os mesmos dias em que vence a cota única do IPVA, para pagamento a vista, ou a primeira cota para quem fizer opção pelo parcelamento.