Munições são encontradas em fundo falso de caminhão em Guaíra

Dentro do caminhão ainda foram encontradas 800 caixas de cigarros estrangeiros

Nesta sexta-feira (11), durante a inspeção em um caminhão que foi apreendido com carregamento de cigarros, foi encontrado um fundo falso com uma grande quantidade de munições.

A apreensão foi feita pela PRF e Exército no último dia 05, em fiscalização de rotina na BR-163, município de Guaíra. Ao ser abordado, o condutor apresentou notas fiscais e declarou que transportava bobinas de papel. Ao suspeitar da documentação apresentada, os servidores solicitaram que o compartimento de carga fosse aberto para verificação. Nesse momento o motorista tentou empreender fuga correndo, mas foi contido pela equipe.

Ao verificarem a carga, os servidores encontraram aproximadamente 800 caixas de cigarros estrangeiros. Além disso, constataram que as placas do veículo foram adulteradas. O condutor foi preso em flagrante, o veículo e os cigarros enviados à Inspetoria da Receita Federal de Guaíra.

Nesta sexta-feira (11), no decorrer da verificação regular para transportar o veículo até a Alfândega de Foz do Iguaçu, foram encontradas 184 munições de vários calibres (.22, .380, .25 e .36) em um fundo falso no encosto do banco do motorista, além de 35 munições que foram deflagradas (entre elas, munições de fuzil .223, espingarda e calibres menores). As placas verdadeiras, de São José – SC, foram encontradas dentro do climatizador de ar.

A Receita Federal disponibiliza um telefone de contato para denúncias, de forma anônima, por meio do número (45) 9 9152-2036.
As ações fazem parte da Operação Hórus – programa VIGIA – que conta com apoio da SEOPI-MJSP, da qual fazem parte Receita Federal, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar (BPFRON/ COBRA ) BOPE/ MS ,Polícia Civil/PR (COPE e TIGRE), Força Nacional/SP e Exército do Brasil.

A iniciativa está inserida no âmbito do Programa de Proteção Integrada de Fronteiras (PPIF), instituído pelo Decreto nº 8.903/2016, tem como diretrizes a atuação integrada e coordenada dos órgãos de segurança e de fiscalização atuantes nas fronteiras, e como foco, o fortalecimento da prevenção, do controle, da fiscalização e da repressão aos delitos transfronteiriços, como contrabando, descaminho, tráfico de drogas, armas e medicamentos, entre outros.



Fale com a Redação

17 − 17 =