Abu Dhabi – O Campeonato Mundial de Clubes terá início nesta quarta-feira, às 13h30 (de Brasília), com duelo entre o anfitrião, Al Ain, dos Emirados Árabes Unidos, e o Team Wellington, da Nova Zelândia, no primeiro capítulo de uma competição que tem Real Madrid, da Espanha, e River Plate, da Argentina, como principais atrações.

O torneio, disputado nos mesmos moldes desde 2005, no entanto, vem chamando a atenção menos pela realização e mais pelo possível debate sobre o futuro. No último domingo a Fifa divulgou o início do trabalho de um grupo que discutirá sua reformulação, que passaria por uma ampliação.

A proposta que surgiu é de um formato com 24 equipes, que aconteceria a cada quatro anos. A estreia seria entre junho e julho de 2021, com a metade das vagas destinadas a europeus, quatro para a Conmebol, e duas para África, Ásia e Concacaf. A última viria de repescagem entre times da América do Sul e Oceania.

Por enquanto, fica mantido o torneio eliminatório, com sete classificados. Do mesmo lado da chave de Al Ain e Team Wellington, ambos estreantes no Mundial, estão Esperance de Tunis, da Tunísia, e River Plate. Quem vencer o jogo de hoje enfrentará o time tunisiano no sábado (15), em jogo que definirá o rival dos argentinos na semifinal de terça-feira (18)

Outra chave

O outro lado do chaveamento do Mundial começa diretamente nas quartas de final, com Kashima Antlers, do Japão, que foi surpresa ao ir à final em 2016 e cair diante do Real Madrid; e o Chivas Guadalajara, do México, que fará a primeira participação e tentará, enfim, confirmar as expectativas com relação ao futebol mexicano, que nunca alcançou a decisão. Esse jogo será sábado (15) e definirá o adversário do Real Madrid na semifinal de quarta-feira (19). O Real, aliás, é o time mais badalado. Vem de três títulos seguidos da Liga dos Campeões da Europa e busca repetir o feito no Mundial, algo que seria inédito, inclusive se forem considerados os campeões da Copa Intercontinental, disputada entre 1960 e 2004, além da edição de 2000 do torneio da Fifa.