Uma criança de 2 anos morreu afogada após cair em uma piscina em uma casa localizada na zona norte de Londrina. A suspeita é de que o menino tenha ficado cerca de 30 minutos submerso.

A mãe da criança estava na casa de um tio cuidando do filho dela e dos filhos do parente. Na tarde de segunda-feira (16), a jovem, que tem 16 anos, percebeu que o menino tinha desaparecido. Ela procurou a criança nos vizinhos e na rua onde haviam mais crianças brincando, mas não encontrou.

Uma vizinha da residência alertou para ela olhar na piscina. Depois disso, a mãe encontrou o menino. A piscina, segundo os vizinhos, estava com água muito suja e com lodo.

A mulher retirou a criança da piscina e pediu ajuda. Vizinhos levaram o menino até a Unidade Básica de Saúde do Jardim Parigot de Souza, mas, infelizmente, a criança chegou morta à unidade de saúde.
“Cheguei lá e ela estava com a criança no colo pedindo socorro e ajuda. Tentei fazer massagem para reanimar o menino, bater nas costas para ver se saía água, mas nada adiantou”, contou Viviane Vicente.

“Passei na frente da UBS do Parigot e pensei vou ficar por aqui porque deve ter algum médico. Cheguei buzinando e elas saíram correndo, levando a criança para dentro. Se ele tivesse ficado menos tempo [embaixo da água] talvez ele tivesse sobrevivido”, lamentou Marcos Rodrigues Ramos.

“Essa noite foi difícil de dormir, imaginando o sofrimento da criança e da mãe. Ela foi gritando muito dentro do carro, pedindo muito para Deus não levar o filho dela”, acrescentou o vizinho que ajudou a socorrer o menino.

O corpo da criança foi enterrado na manhã desta terça-feira (17), em Londrina.

Fonte: G1

Matéria atualizada às 17h24.