Médicos realizaram a captação de órgãos de um bebê de 42 dias na madrugada deste sábado (11) no HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná).

A criança teve morte encefálica após ser diagnosticada com meningite.

A captação iniciou às 4h por uma equipe do Rio de Janeiro. O órgão foi transportado com auxílio do avião da Força Aérea Brasileira para o Rio de Janeiro, onde seria transplantado. O auxílio do transporte foi necessário tendo em vista que o tempo máximo do coração até o transplante é de 4 horas.

Também foram captados os rins, encaminhado pela Central de Transplante.

O HUOP tem se destacados nos últimos anos, sendo serviço de referência para acolhimento e acompanhamento familiar durante esse momento doloroso. Atos como esse salvam vidas.