Seis pessoas foram presas pela Polícia Militar na tarde dessa terça-feira (15) por estarem com máquinas caça-níqueis nos seus estabelecimentos. A polícia abordou cinco estabelecimentos: quatro bares nos Bairros Santos Dumont, Claudete, Maria Luiza e Parque São Paulo e uma lotérica na Avenida Brasil.

A ação resultou na apreensão de sete máquinas e R$ 8,5 mil em dinheiro, um revólver calibre 38, ferramentas sem confirmação de procedência e dez munições.

Segundo a Polícia Militar, a ação se deu por meio de denúncias recebidas pelo 181.

Apesar do grande número de apreensões no mesmo dia, a PM informou que os empresários presos não têm relação entre si. Cada estabelecimento atuava de forma individual.

A exploração de máquinas caça-níqueis é contravenção penal estabelecida no artigo 50 da Lei 3.688/41 e a pena é de três meses a um ano de prisão e pagamento de multa, mas a pena para o explorador da máquina pode aumentar em um terço se algum empregado do estabelecimento ou jogador for menor de 18 anos.

Quem for flagrado apostando em máquinas caça-níqueis também pode ser autuado e ter que pagar multa de R$ 2 mil a R$ 200 mil.