Lula defende novas eleições em mensagem de fim de ano nas redes sociais

SÃO PAULO – Em uma mensagem de fim de ano publicada em suas redes sociais, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu a realização de novas eleições, criticou o governo de Michel Temer e pediu para o povo continuar nas ruas para lutar por aposentadoria, educação, renda e emprego.

brde1

No vídeo, Lula reclama que os cortes feitos pelo governo Temer afetam apenas os mais pobres. Segundo ele, é preciso inserir o povo de volta na economia por meio de crédito e investimentos.

? O país está parado e vai continuar parado se o governo não mudar a política econômica. A União não pode investir, as prefeituras não podem investir, os empresários não estão investindo, os bancos não dão crédito e o povo não tem crédito. Ou seja: como é que pode funcionar a economia desse jeito?

Nas palavras de Lula, é possível que o Brasil volte a ser o ?país do otimismo, país dos sonhos?:

? Só pode fazer o que eu estou falando um presidente que tenha respaldo popular e respaldo popular chama-se voto na urna. Portanto, é preciso antecipar o processo eleitoral. É preciso que o povo volte a eleger um presidente pelo voto direto para que ele possa fazer as mudanças que o Brasil precisa que sejam feitas.

O ex-presidente agradece quem participou dos protestos de rua contra o impeachment de Dilma Rousseff e contra o governo de Temer. Segundo ele, quem acredita que devem ser realizadas novas eleições deve continuar se manifestando.

? Somente nós, juntos, seremos capazes de reconstruir esse país economicamente e politicamente porque o povo merece.


Receba as principais notícias através do WhatsApp

ENTRAR NO GRUPO

Lembre-se: as regras de privacidade dos grupos são definidas pelo Whatsapp. Ao entrar seu número pode ser visto por outros integrantes do grupo.


Fale com a Redação