POLÍTICA

Limpeza feita

15 de dezembro de 2017 às 15:20
Publicidade

Quem tem andado pela Avenida Brasil nos últimos dias percebeu que o mato estava tomando conta da via recém-reformada pelas obras do PDI. É que apesar de a prefeitura ter um contrato firmado de limpeza urbana com a OT Ambiental, a empresa, por falta de pessoal, não tem dado conta do serviço.

São apenas duas equipes padrão para fazer o trabalho quando, no ano passado, eram quatro. Por isso, quando as equipes vão para as praças, os bairros e os terrenos públicos, o centro da cidade fica sem assistência e o mato crescendo. E vice-versa.

Ontem, finalmente, o trabalho de limpeza estava sendo feito na Avenida Brasil. E boa parte roçada pelos funcionários da OT. Mas por falta de equipe e para não conceder aditivo à empresa já contratada – considerando que o contrato do lixo é bastante polêmico e caro -, a prefeitura fará uma nova licitação, no dia 22, para realizar permanentemente os serviços na Brasil.

Terrenos baldios

Outra contratação também foi necessária, mas esta para roçar fundos de vales e terrenos baldios. Quem faz esse trabalho é a empresa Larissa Esthefani da Silva – microempresa. Isso apesar de o contrato com a OT Ambiental ser milionário: R$ 173 milhões para cinco anos.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE