POLICIAL

Leilão de bens apreendidos arrecada mais de R$ 2 milhões

25 de junho de 2015 às 11:51
Publicidade

Curitiba – Um leilão joias e outros bens de traficantes realizado em Curitiba e rendeu pouco mais de R$ 2 milhões. Parte do valor arrecadado será revertida para ações de prevenção às drogas e de enfrentamento ao consumo e ao tráfico no Paraná.

O restante será destinado ao Funad (Fundo Nacional Antidrogas) e direcionado à orientação sobre o uso de psicotrópicos.

A peça vendida pelo maior valor foi um relógio cravejado de diamantes, arrematado R$ 80 mil. Um lote de joias foi vendido por R$ 5,2 mil. Também foram vendidos aparelhos eletrônicos, 374 veículos e 80 motos – tudo apreendido pela polícia em operações contra o tráfico de drogas.

O Secretário da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Wagner Mesquita, destacou a importância das apreensões de bens na repressão ao tráfico.

“A interceptação dos artigos é uma maneira de diminuir o poder de organizações criminosas e, assim, impedir que o tráfico e o contrabando cheguem aos grandes centros urbanos e às famílias”, destacou.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE