A vereadora do Partido Republicanos, Beth Leal realizou recentemente a indicação da proposição com foco no cumprimento da lei que tornou  o município “Cascavel Cidade Restaurativa”.A Justiça Restaurativa é uma alternativa para gerir conflitos, sejam eles violentos ou não, sob a ótica do diálogo e respeito, com a responsabilização, reparação do dano e restauração das relações prejudicadas pelo conflito, mantendo o olhar sobre as necessidades da vítima. “Diante da complexidade dos fenômenos sociais, que devem considerar os aspectos individuais, comunitários, institucionais e sociais, as práticas restaurativas possuem imenso potencial para a pacificação da sociedade, e sua adoção é recomendada pela Organização das Nações Unidas pelos estados membros”, ressalta a vereadora Beth Leal.

Princípios de justiça restaurativa

Beth Leal faz parte da justiça restaurativa em Cascavel desde o ano de 2011, quando deu início ao trabalho de princípios na resolução de conflitos. “O programa visa garantir a proteção social, a valorização da vida pela aplicação de práticas restaurativas com prevenção de riscos, responsabilização dos envolvidos, apoio da comunidade, apaziguamento de conflitos e o restabelecimento da paz social especialmente nesse momento que vivemos”, explica Beth.

Na oportunidade foi ressaltado a importância de implementar ações relativas  a capacitação dos servidores públicos, para que os objetivos sejam atingidos de forma satisfatória. “As práticas devem ser realizadas por meio de agentes capacitados com habilidade como: empatia, alteridade, escuta ativa em um ambiente aberto ao diálogo, em prol do bem estar coletivo. A partir disso, foi solicitado a implementação do curso no âmbito de Cascavel, propondo a criação da resolução de conflitos para que possamos preparar uma sociedade com menos violência, mais empatia e amor ao próximo”, conclui Beth Leal.

 

Via: Assessoria Beth Leal – Foto: Flavio Ulsenheimer