O Team Ginetta Brasil está confiante para a quinta etapa do Império Endurance Brasil 2020, que será realizada amanhã no Autódromo Internacional de Curitiba (AIC), situado em Pinhais (PR).

Após pontuar bem nas três últimas etapas no AIC, no Velopark e em Goiânia, a equipe dos pilotos Wagner Ebrahim e Fábio Ebrahim chega à penúltima etapa na briga pelo título da categoria P1.

O protótipo Ginetta G58 está pronto para a disputa das Quatro Horas de Curitiba, com as adequações feitas no motor da Giaffone Racing, que lhes dará condições de boas disputas pela vitória na categoria P1 da Endurance Brasil. A etapa de Curitiba deve reunir cerca de 30 carros em seu grid.

Para Fábio Ebrahim, a participação do Ginetta G58 na quinta etapa do Endurance Brasil será de afirmação, em busca da vitória que esteve próxima em duas etapas, mais foi atrapalhada por algum detalhe técnico. “Em pouco menos de 30 dias da última etapa, estamos prontos para correr em casa e querendo o lugar mais alto do pódio. Temos trabalhado muito para colocar o Ginetta G58 na pista a cada etapa, andando entre os primeiros na busca da vitória. Com o apoio da Giaffone Racing nas três últimas etapas, voltamos a Curitiba para tentar o primeiro triunfo na P1. Amanhã vamos acelerar no treino extra, onde acertaremos o carro para o classificatório e a corrida no sábado”, disse Fábio Ebrahim.

Classificação

Com quatro etapas realizadas, a classificação do Endurance Brasil 2020, na Categoria P1, é a seguinte: 1º) Pedro Queirolo/David Muffato (P1 – AJR), com 385 pontos; 2º) Tiel Andrade/Júlio Martini (P1 – AJR), 345; 3º) Henrique Assunção/Anderson Toso (P1 – AJR), 280; 4º) Fábio Ebrahim/Wagner Ebrahim (P1 – Ginetta G58), 275; 5º) Paulo Souza (P1 – AJR), 245; 6º) Nelsinho Piquet (P1 – AJR), 235; 7º) Fernando Fortes (P1 – AJR) e Emílio Padron/Vitor Gens (P1 – AJR), 215; 9º) Vicente Orige/Gustavo Kiryla (P1 – AJR), 165; e 10º) Pedro Castro (P1 – AJR), com 140 pontos.