Quem ainda não conhece o Museu Histórico Celso Formighieri Sperança vai ter que esperar mais um pouco, mas vai valer a pena. Em maio desse ano foram iniciadas as obras de revitalização do museu que, além de trazer mais conforto aos visitantes, vai oferecer melhor estrutura de preservação ao rico acervo que abriga. Com a reforma pronta, o local que preserva a história de Cascavel, terá um espaço totalmente moderno.

Para cumprir o TAC (Termo de Ajustamento de Conduta), a Prefeitura de Cascavel está investindo cerca de R$ 572 mil, via Iphan (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Para completar a obra, a A Secesp (Secretaria Municipal de Cultura e Esporte), também investiu aproximadamente R$ 100 mil. O prazo inicial para entrega da obra era novembro desse ano, porém, por se tratar de uma revitalização que compõe muitos processos no complexo cultural o prazo foi estendido e a reforma ficará pronta apenas em 2022.

O Museu Histórico de Cascavel tem um acervo de mais de 1,5 mil peças históricas e arqueológicas. Já no Museu da Imagem e do Som, 120 mil documentos entre fotos digitais, impressas, negativos, slides, filmes 8 e 16mm, discos, fitas VHS e fitas cassetes, DVDs, livros, jornais e revistas foram o seu rico acervo.

 

Estrutura

A estrutura agora conta com duas novas salas de 69 m², com cobertura no sistema que abre e fecha para fluxo de ar no museu. Uma sala será utilizada para laboratório de arqueologia e a outra servirá como espaço educativo para crianças, acadêmicos, estudantes e visitantes.

Todo o telhado já foi trocado e uma manta térmica foi instalada. O forro e os novos aparelhos de ar-condicionado ainda serão instalados, assim que ocorrer a troca de toda fiação elétrica do prédio, adquirida através do Pregão 191/2021. Após a finalização da rede elétrica, também serão instaladas câmeras de segurança e porta automática.

Os banheiros já foram finalizados, incluindo um novo com acessibilidade. Ainda falta a conclusão da parte de pinturas (interna e externa), piso, divisórias para exposições, luminárias, pintura das calçadas, paver, grama sintética e do novo paisagismo em frente ao Centro Cultural Gilberto Mayer.

Atualmente, devido à obra, informações e pesquisas podem ser encaminhadas pelo email [email protected]

 

Museu foi criado em 1976

O Museu Histórico Celso Formighieri Sperança foi criado em 26 de setembro de 1976 através da lei nº 1204/76, por iniciativa do Professor Alexandre Câmpara.  Inaugurado com um acervo aproximado de 90 objetos, na Rua Barão do Cerro Azul, 355, mais tarde a estrutura foi transferidapara o Centro Cultural Gilberto Mayer. O museu faz homenagem ao pioneiro que muito contribuiu para o desenvolvimento de Cascavel. A parte que está sendo revitalizada é a área do antigo solário cadeia pública instalada no local, na década de 1960. Após a reforma, o museu retomará suas atividades de segunda à sexta-feira, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30.

Cine Coliseu de portas abertas

Mesmo ainda antes da finalização da obra, alguns eventos já estão sendo planejados no Centro Cultural Gilberto Mayer, como o Festival de Teatro, Almoço dos Pioneiros e Vila Natalina.

O famoso “Cine Coliseu” será reaberto para a população para alguns eventos, com capacidade máxima reduzida em 50% por conta da obra e da pandemia da Covid-19, seguindo todos os protocolos básicos de segurança.

(Jessica Milena/Redação)