Xisto eleito presidente

O pleno do TJ-PR (Tribunal de Justiça do Paraná) elegeu na tarde dessa segunda-feira a nova diretoria que vai comandar o Judiciário estadual a partir de janeiro de 2019 por dois anos. Os 120 desembargadores têm direito a voto, que é secreto, mas 114 votaram. O desembargador Adalberto Xisto Pereira (foto) foi eleito presidente.

Levy no BNDES

O economista Joaquim Levy aceitou o convite para presidir o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social). Ele foi convidado pela equipe de Paulo Guedes e a informação divulgada por sua assessoria.

Ex da Dilma

Levy é o primeiro nome na equipe econômica do governo de Jair Bolsonaro. Com experiência na administração pública, Levy foi ministro da Fazenda de janeiro a dezembro de 2015, no segundo mandato de Dilma Rousseff, com a promessa de realizar um ajuste fiscal para conter os gastos públicos.

Corte na Alep

O primeiro-secretário da Assembleia Legislativa, deputado estadual Plauto Miró Guimarães (DEM), defendeu ontem a redução de 3,1% para 2,5% no percentual a que a Casa tem direito da receita anual do Estado para suas despesas. Só que a mudança deveria ter sido feita na LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) de 2019, aprovada em julho.

Da própria carne

A proposta vem à tona no momento em que o Congresso aprovou reajuste de 16,8% nos salários dos ministros do STF com efeito cascata nos salários de todo o funcionalismo público do País, incluindo deputados federais, senadores e deputados estaduais, juízes e procuradores. Para ajudar, a ideia era cortar da própria carne R$ 130 milhões da Assembleia para ano que vem. Mas, ao que tudo indica, o projeto deve ser arquivado.

Beto no PSDB

Alguns até achavam que o ex-governador Beto Richa abriria mão da presidência do diretório estadual em nome da sobrevida do PSDB, mas… Beto bateu o pé e disse que fica, na reunião de ontem. Já o núcleo duro de Richa no partido deixou a direção partidária – caso de Juraci Barbosa, Mounir Chaowiche e Fernando Ghignone.

Bate-chapa

Já no MDB, está difícil chegar a um consenso e tudo indica bate-chapa entre o senador Roberto Requião e o deputado Anibelli Neto para a direção estadual do partido. De um lado estão os deputados Sergio Souza, Anibelli Neto e Nereu Moura. De outro, os deputados Requião Filho, João Arruda e Hermes “Frangão” Parcianello e Requião. O encontro estadual para as eleições deve ocorrer em dezembro ou até o fim de janeiro.

Audiência pública

A Câmara de Toledo realiza nesta quarta-feira (14) audiência pública para instruir o Projeto de Lei 167, de 2018, do Poder Executivo, que "altera a legislação que dispõe sobre o Programa de Melhora da Infraestrutura e Saneamento Rural no Município de Toledo". Será às 15h.

Conta milionária

Candidaturas impugnadas nas últimas eleições receberam R$ 38,7 milhões do fundo eleitoral e de doações oficiais. Pelas regras da Justiça Eleitoral, esse dinheiro terá de ser devolvido. Só a campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teve sua candidatura barrada pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), é responsável por R$ 20 milhões do total, que devem ser devolvidos porque foram arrecadados antes da confirmação de Fernando Haddad na cabeça da chapa presidencial.