Informe da redação do dia 11 de Abril de 2019

Saio ou fico?

Corre-corre ontem no Palácio Iguaçu. Ou melhor, na sede provisória do governo em Londrina. Fontes chegaram a confirmar que o secretário de Segurança do Paraná, general Luiz Felipe Kraemer Carbonell, havia pedido demissão, mas o próprio governador Ratinho Junior tratou de garantir que ele segue no cargo. Em Londrina, Ratinho confirmou que Carbonell teve convites para sair, mas que continua no governo do Paraná. A informação era de que o general trocaria a secretaria por um cargo na Usina de Itaipu, onde era chefe da Assessoria de Informações antes de assumir a secretaria. “Claro que ele, como general, já teve convites para alguns cargos federais, mas ele é o nosso secretário […] ele tem trabalhado com a gente, tem feito um belo trabalho”, afirmou Ratinho.

Capital do MEC

Foz do Iguaçu será sede do encontro de gestores para discussão sobre o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação). A cidade é a única do interior do País a receber o evento promovido pelo MEC (Ministério da Educação).

Observatório Social

Dirigentes do Observatório Social de Cascavel se reuniram ontem com o procurador-geral da Câmara de Vereadores, Rafael Salvatti. O tema da conversa foi a participação da entidade na mesa-redonda que será realizada em 10 de maio e que terá como tema a corrupção. O Observatório também contribuiu com a sugestão de participantes a serem convidados.

Corrupção

Promovida pela Escola do Legislativo com apoio da Procuradoria Geral da Câmara de Cascavel, a mesa-redonda “Combate à corrupção: um dever de todos nós” debaterá estratégias para buscar e garantir a lisura e a fiscalização cidadã das ações do poder público.

LDO de 2020

Já em Marechal Cândido Rondon, a Secretaria de Coordenação e Planejamento está organizando para esta quinta-feira (11), a partir das 19h30, no auditório da Acimacar, audiência pública para apresentação, discussão e aprovação da LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2020.

Pré-escola

Com a missão de ampliar a efetividade da fiscalização, o Tribunal de Contas monitora o cumprimento de recomendações que fez a 30 prefeituras paranaenses para melhorar as condições da educação infantil. Essas recomendações são resultado de auditorias do Plano Anual de Fiscalização (PAF) de 2017. O TCE avaliou o atendimento à Meta 1 do Plano Nacional de Educação, que busca a universalização da pré-escola para crianças de 4 e 5 anos. Dentre os 30 municípios, quatro são do oeste; Ramilândia, Braganey, São José das Palmeiras, Iracema do Oeste.

CPI da Toga

A CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania) recomendou nessa quarta-feira (10) o arquivamento do pedido de criação da CPI da Lava Toga, que visava “entender melhor” alguns procedimentos dos Tribunais Superiores, leia-se STF. O colegiado acatou o relatório do senador Rogério Carvalho (PT-SE), que recomendou não levar adiante a criação da comissão. Foram 19 votos favoráveis e sete contrários, transformando o relatório em parecer da comissão.

Voto contrário

O senador Oriovisto Guimarães (Pode-PR) foi um dos senadores que votaram contra o arquivamento da CPI: “Sou totalmente favorável a essa CPI. Acho que está extremamente bem fundamentada. Chega a ser engraçado que se exija tanto um fato determinado quando na verdade se nega a instalação da CPI por um fato que não está determinado. Qual é o fato determinado que determina que ela deva ser arquivada? Não há, não citam, ou seja, a regra vale para os outros e não para mim mesmo. O que conta é a vontade política e não a lógica”, declarou o senador.

 

 



Fale com a Redação

quatro × 2 =