Informe da redação do dia 10 de abril de 2019

Bom negócio

Apesar de ter sido exonerado do cargo, o agora ex-ministro da Educação Ricardo Vélez Rodríguez tem direito a receber R$ 60 mil em auxílio-mudança para se mudar de volta para Londrina, onde vive. Inclusive, ele não precisa devolver os R$ 61 mil que recebeu em janeiro para ir para Brasília. O benefício está previsto no Decreto 4.004, de 2001. A informação é da coluna de Mônica Bergamo, na Folha de S.Paulo.

A Gol voltou

Diretores da Gol Linhas Aéreas estarão na Acic, nesta quinta-feira, às 14h, para anunciar oficialmente o início das operações da companhia em Cascavel.

Oeste na Marcha

Dos 54 municípios da Amop, 35 prefeitos e prefeitas participam da 22ª Marcha a Brasília, promovida pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios), que começou segunda e segue até amanhã (11). A comitiva regional, comandada pelo prefeito de Jesuítas e presidente da Associação dos Municípios do Oeste do Paraná, Junior Weiller, participará também de reuniões paralelas ao evento, como com a bancada paranaense na Câmara dos Deputados e com senadores da República.

Demandas I

Mas eles não foram de mãos abanando. Os prefeitos entregarão aos parlamentares com representatividade regional uma lista de reivindicações, que contém temas como a defesa de bandeiras de luta da Amop, a construção do Aeroporto Regional, a duplicação de rodovias, a instalação de ramais ferroviários, a reabertura da Estrada do Colono e outras.

Demandas II

Inclui ainda algumas questões bem pontuais, como a conclusão das obras do Hospital Regional de Toledo e da Ala de Queimados do Hospital Regional de Cascavel, a revitalização das bases náuticas da Costa Oeste, a solução do impasse sobre a demarcação de terras indígenas, e fortalecer a segurança na região de fronteira, com implantação de políticas efetivas voltadas ao combate do descaminho e contrabando, bem como tráfico de drogas e armas.

Ao vivo

Promessa feita e cumprida. Durante a campanha, o governador Ratinho Jr elogiou várias vezes a iniciativa do prefeito de Cascavel, Leonaldo Paranhos, sobre a transmissão ao vivo das licitações. Pois Ratinho acaba de regulamentar a medida pelo Decreto 1077. A partir do Portal da Transparência (http://www.transparencia.pr.gov.br), os cidadãos poderão acompanhar o processo de escolha de fornecedores de diversos insumos para a administração pública, como produtos alimentícios e combustível.

CPI da JMK

O deputado Soldado Fruet (Pros) não tem dado moleza. Ontem ele apresentou na Assembleia Legislativa pedido de abertura de uma CPI para investigar os contratos do governo do Paraná com a empresa JMK, responsável pela manutenção e pela gestão de frotas de veículos do governo. A JMK presta serviços ao governo desde 2015 e os problemas com a manutenção de frotas se tornaram públicos em 2016.

Mudanças

E por falar em frota… Ontem, o governador Ratinho Júnior criou um grupo de trabalho para racionalizar o uso dos transportes na administração pública em busca de economia e melhores resultados. A questão será discutida por uma comissão composta por representantes de várias secretarias, da Controladoria e da Procuradoria-Geral do Estado, que deve apresentar propostas no prazo máximo de 60 dias.

Ex-gestores punidos

A 2ª Câmara do TCE-PR (Tribunal de Contas do Estado do Paraná) julgou procedente tomada de contas relativa a atos de gestão irregulares apurados em inspeção realizada na Câmara de Foz do Iguaçu em 2009. Como resultado, o presidente do Poder Legislativo à época, o ex-vereador Carlos Juliano Budel, e mais quatro pessoas receberam 15 sanções, que totalizam R$ 104.654,99, entre devolução de recursos e multas – valor a ser corrigido.

 

 



Fale com a Redação

15 + quinze =