Informe da redação do dia 09 de abril de 2019

Pedido de cassação

Mais um pedido de cassação de vereador foi protocolado nessa segunda-feira (8) na Câmara de Marechal Cândido Rondon. O alvo agora é o vereador Dorivaldo Kist, o Neco, denunciado pelo próprio Controle Interno da Câmara, que teve acesso a documentos que apresentam indícios de que o vereador pegava parte do salário de uma funcionária da prefeitura. A denúncia acompanha de uma série de “prints” de conversas entre o vereador e a funcionária.

A água vai subir

A Agepar (Agência Reguladora do Paraná) analisa nesta terça-feira (9) o reajuste da tarifa da Sanepar. O pedido foi encaminhado pela estatal em março. Nem a agência nem a empresa adiantam o percentual de reajuste requerido.

Expectativa

A preocupação é quanto às declarações do presidente da Sanepar, Claudio Stabile, que sugeriu antecipar o reajuste de 25,63% previsto para ser aplicado até 2025. “Quanto mais tempo você posterga essa dívida, mais cara ela fica”, disse ele em fevereiro.

Histórico

A tarifa de água ficou congelada de 2005 a 2010, mas após isso disparou: de 2011 a 2017 o reajuste foi de 123,96%, o triplo da inflação do período (47,49%).

Corrupção I

A expectativa da população em relação à redução da corrupção no País sofreu queda expressiva nos primeiros meses do Governo Bolsonaro, revela pesquisa Datafolha. Segundo o instituto, 40% dos entrevistados acreditam que a corrupção vai aumentar a partir de agora, ante 35% que avaliam que ela vai diminuir e 21% diz que vai ficar como está.

Corrupção II

Em pesquisa feita em dezembro, último mês do Governo Michel Temer, 58% disseram que a corrupção iria diminuir e 19% que iria aumentar. O Datafolha ouviu 2.086 entrevistados dias 2 e 3 de abril. A margem de erro é de dois pontos percentuais para mais ou para menos.

Prefeitos

O presidente Jair Bolsonaro participa hoje da abertura da 22ª Marcha Nacional dos Prefeitos, em Brasília. O evento é organizado desde 1998 pela Confederação Nacional dos Municípios e deve reunir mais de 8 mil pessoas na capital federal, entre os gestores e secretários municipais.

Apoio

A Fecomércio tem rodado as Câmaras de Vereadores e as prefeituras da região alertando sobre o risco de cortes nas atividades do Sesc e do Senac caso seja concretizada a promessa do governo federal de retirar recursos do Sistema S.

Refis Estadual

A Fiep (Federação das Indústrias do Paraná) defende que a Assembleia Legislativa aprove a redução dos honorários advocatícios a serem pagos pelas empresas que aderirem ao Refis Estadual. Para a Fiep, o ideal seria que o programa de parcelamento de débitos tributários e não tributários lançado pelo Estado seguisse o modelo federal, sem incidência de honorários para as empresas, o que facilita a vida de quem já está com dívidas e tenta pôr a casa em ordem.

Importante

“O Refis é uma importante medida para que elas possam recolocar suas finanças em ordem e passem a vislumbrar a possibilidade de novos investimentos”, diz o presidente da Fiep, Edson Campagnolo. Na prática, os honorários podem passar de 10% do valor da dívida executada.

Ivo Roberti é eleito prefeito

Com 53,7% dos votos válidos, Ivo Roberti, do PDT, foi eleito no último domingo prefeito de Serranópolis do Iguaçu para o mandato mais curto, que se encerra em dezembro do ano que vem. É que a escolha foi feita em uma eleição suplementar, convocada depois que o ex-prefeito Luiz Carlos Ferri (MDB) e o vice Diogo Achtenberg (PSC) tiveram os mandatos cassados por compra de votos. Roberti recebeu 1.821 votos, e o candidato Jair Daronch (PMB) teve 1.570 votos (46,3% dos votos válidos). Outros 45 eleitores votaram em branco (1,27%) e 106 nulos (2,99%). Roberti e o vice eleito, Gilberto Marsaro (PDT), devem ser diplomados até 26 de abril e assumem na sequência.



Fale com a Redação

16 + três =