O HUOP (Hospital Universitário do Oeste do Paraná) informou na tarde desta sexta-feira (21) que isolou por 10 dias a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) Neonatal para evitar o contágio de bebês por covid-19, já que nesta semana um bebê prematuro teve resultado positivo para o novo coronavírus.

Os oito bebês internados também foram testados e aguardam resultado do exame, que deve ser entregue pelo Lacen (Laboratório Central do Paraná), e portanto, novas admissões estão suspensas pelo período de dez dias, também como medida de precaução.

O bebê necessita de cuidados intensivos pelo nascimento prematuro, e mesmo estando em um leito que garante o isolamento, novas medidas foram recomendadas pela CCIH (Comissão de Controle de Infecção Hospitalar) do hospital, além do caso ser acompanhado pelas vigilâncias epidemiológicas do município e da 10ª Regional de Saúde.

As visitas são permitidas apenas para os pais, que são orientados sobre os sintomas e contágio do vírus, assim como é realizado a triagem, com verificação da temperatura, antes da entrada na unidade. Todos recebem EPI’s que garantem a segurança durante a visita.

O HUOP ressalta que todas as medidas para evitar o contágio do vírus são mantidas e que as visitas seguem com restrição em todos os setores do hospital. Os acompanhantes são permitidos apenas para pacientes menores de 18 anos e maiores de 60 anos, e todos são orientados com relação à sintomas e contágio do vírus.