Por conta da facilidade da internet, crimes de estelionato praticados a partir de anúncios de venda inclusive em grandes sites são comuns e um golpe registrado em Cascavel chegou à reportagem do jornal Hoje News a partir de uma testemunha.

Ele estava com um HB20 à venda e anunciou no site OLX, quando foi procurado por um interessado. “Esse homem mostrou interesse no carro. Disse que tinha uma dívida com uma funcionária e que pediria para ela ver o veículo e pediu que eu não dissesse o valor do carro porque era um acerto entre os dois. A mulher veio ver o veículo com um amigo, gostou do carro, e não pediu o valor. Ela disse que conversaria com o homem que estava em contato conosco. Esse homem me disse que o negócio estava fechado e que depositaria o dinheiro para finalizar a compra”, conta o homem, que pediu para não ser identificado.

Eles teriam marcado então para assinar o recibo em um cartório só que o homem não apareceu: “Fui duas vezes ao banco antes de assinar o recibo e não havia nada na minha conta. Fui ao cartório para acertar a papelada e encontrei lá o casal que havia visto meu carro. Em conversa, identificamos o golpe. Eles depositaram R$ 2 mil para o intermediador e não conseguiram recuperar o dinheiro. Outros R$ 4 mil que foram depositados depois eles conseguiram reaver. Eu não fui lesado financeiramente, só perdi meu tempo, mas esse casal perdeu dinheiro”, lamenta.

O homem procurou então o setor de Estelionatos da Polícia Civil de Cascavel para relatar o golpe.

 

Crime parecido

O golpe aconteceu por meio de um anúncio feito na OLX, parecido com o modo de ação de uma quadrilha desarticulada em julho deste ano pela Polícia Civil de Cascavel e do Piauí, cujos crimes aconteciam principalmente no Mato Grosso.

Em Cascavel, segundo a Polícia Civil, são poucos casos que estão sob investigação. Por conta da facilidade de acesso a dados, crimes desse tipo praticados a partir de anúncios são comuns, segundo a polícia.