Depois de ter ficado de fora do calendário do ano passado em função da pandemia do coronavírus, o Autódromo de Interlagos volta a receber a Fórmula 1 neste fim de semana. Agora a etapa brasileira da categoria passa a se chamar GP São Paulo.

Em função do atraso na chegada dos equipamentos de equipes como Ferrari, Alfa Romeo, Haas e McLaren, que só chegaram na manhã de ontem, os boxes de Interlagos tiveram uma quinta-feira agitada, com as quatro trabalhando na montagem dos carros.

As atividades de pista começam nesta sexta-feira, com o treino livre a partir das 12h30. A partir das 16h30 será disputado o treino classificatório que definirá as posições de largada para a Corrida Sprint, que será disputada no sábado, com largada às 16h30, e servirá para a formação do grid de largada para a prova de domingo, que terá disputada em 71 voltas e com largada às 14h.

 

Fórmula 4 no Brasil

A Vicar anunciou ontem a realização do Fórmula 4 Brasil, certificado pela FIA a partir de 2022. O acordo foi assinado em agosto na Itália por Fernando Julianelli, CEO da Vicar, e Gianfranco De Bellis, presidente da Tatuus. O novo campeonato terá supervisão da CBA