Rio de Janeiro – Fluminense e Corinthians, que não saíram do 0 a 0 há uma semana, em São Paulo, voltam a se encontrar nesta quinta-feira, às 21h30, para definir o último classificado às semifinais da Copa Sul-Americana. O jogo será no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O segundo jogo entre Tricolor e Alvinegro definirá o adversário do Independiente Del Valle, do Equador. Na outra chave, já está definido que o Atlético-MG, após passar pelo La Equidad, da Colômbia, enfrentará o Colón, da Argentina.

No Maracanã, que estará lotado – mais de 45 mil ingressos foram vendidos antecipadamente -, caso aconteça novo empate sem gols, a vaga será decidida nos pênaltis. Se a igualdade acontecer com as equipes balançando as redes, o Corinthians se classificará, pelo critério de gols marcados fora de casa. O vencedor, independente do placar, avançará.

O Fluminense terá como principal novidade a estreia do técnico Oswaldo de Oliveira, que substituiu o demitido Fernando Diniz. O comandante iniciará a terceira passagem pela equipe, justamente contra o clube em que despontou na profissão, em 1999. Para este jogo, ele poderá contar com o zagueiro Digão, recuperado de dores musculares. Já o atacante Pedro é dúvida.

No Corinthians, o técnico Fábio Carille volta a ter força máxima, depois de ter poupado no empate com o lanterna Avaí pelo Brasileirão. A única dúvida está sobre o meia Pedrinho, com dores no quadril.