Família identifica segunda vítima de feminicídio do ano

Outras seis tentativas foram registradas em 2019

A segunda vítima de feminicídio deste ano em Cascavel foi identificada no IML (Instituto Médico Legal) pelos familiares como Ivanete Nunes de Oliveira, de 48 anos.

De acordo com a Delegacia de Homicídios, Ivanete e o suspeito moravam na rua.

O crime

Ivanete morreu ainda na noite de domingo (7), após ser esfaqueada no rosto e pescoço. Apesar de ter sido socorrida e levada com vida até o hospital ela não resistiu aos ferimentos.

O suspeito do crime é um homem de 30 anos com que a vítima mantinha um relacionamento. Ele foi preso em flagrante em posse da arma do crime, um canivete. O homem nega a autoria e já respondeu pelo crime de homicídio qualificado em Ponta Grossa.

Ainda de acordo com a polícia civil a motivação do crime ainda não foi esclarecida, mas a vítima e o suspeito haviam passado o dia ingerindo bebidas alcoólicas.

Até o momento além dos dois feminicídios consumados, outras seis tentativas foram registradas em 2019.



Fale com a Redação

quinze − 12 =