Morreu, aos 80 anos, o ex-vice-presidente da República Marco Maciel, em Brasília. A informação foi confirmada na conta oficial do seu partido, o Democratas. O sepultamento está previsto para este sábado (12), no cemitério Campo da Esperança, na Asa Sul.

Ao longo da carreira, antes de se tornar político, Maciel atuou como advogado. Depois, assumiu cargos de deputado, senador e governador de Pernambuco. Ele exerceu o mandato de vice-presidente durante o governo de Fernando Henrique Cardoso, de 1995 a 2003. Em 2014, foi diagnosticado com Alzheimer.

Nas redes sociais, o partido Democratas divulgou nota em que a sigla “se despede, já com o coração saudoso”, de um dos seus fundadores. O comunicado é assinado pelo presidente do DEM, ACM Neto.

“Marco Maciel foi um dos mais importantes quadros do nosso partido. Com sua exemplar atuação na vida pública, escreveu uma história irretocável de dedicação ao nosso país.”

Curado da Covid-19
Em março, o Marco Maciel foi diagnosticado com Covid-19 e, à época, deu entrada em um hospital particular de Brasília para uma bateria de exames, que constataram a doença.

Na ocasião, a esposa do político, Ana Maria Maciel, informou que ele estava sendo tratado em casa, com orientação médica, e se recuperou da infecção. Em maio, Maciel recebeu a segunda dose da vacina contra a Covid-19.

Fonte: G1