Embora com saldo positivo, a geração de empregos com carteira assinada em Cascavel no mês de outubro foi a pior desde 2015, auge da crise econômica, quando foram fechados 497 empregos na cidade.

Conforme dados divulgados ontem pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do MTE (Ministério do Trabalho), no mês passado foram admitidos 4.379 trabalhadores e dispensados 4.065, gerando saldo de 314 novos postos de trabalho formal no Município, 30% a menos que o registrado no mesmo período do ano passado (448).

Na análise histórica, além de outubro de 2014, quando foram abertas 252 vagas de trabalho, o saldo do mês passado só se compara a 2006 (veja mais dados na tabela).

“Serviços” perde fôlego

O comércio gerou sozinho mais da metade das vagas do mês passado: 161 novos postos de trabalho, resultado da preparação para as vendas de fim de ano. Já o setor de serviços, que vinha puxando a geração de empregos neste ano, perdeu fôlego e contratou menos da metade da média anual. Foram criados apenas 96 postos de trabalho, contra 191 em setembro, por exemplo.

Mesmo assim, no acumulado dos dez meses, serviços ainda responde por dois terços das 3.157 novas contratações, tendo assinado 2.167 carteiras de trabalho neste ano. Na sequência vêm a indústria, responsável por 875 dos empregos gerados, e a construção civil, com outros 363. No ano, administração pública (-246) e agropecuária (-188) ainda registram mais demissões que contratações.

 

 

 

Brasil cria 57.733 vagas

No Brasil, o mês de outubro apresenta saldo menor que em setembro deste ano. O mercado de trabalho criou 57.733 empregos com carteira assinada, contra 137.336 vagas em setembro; em agosto, 110.431 postos, e, em julho, 47.319.

No acumulado do ano, o País criou 790.579 vagas formais de trabalho.

O saldo de empregos formais ficou positivo pelo décimo mês consecutivo, na série ajustada, de acordo com dados do Ministério do Trabalho.

Em comparação a outubro do ano anterior, no entanto, o País apresentou piora. No mesmo mês do ano passado, foram geradas 76.599 vagas formais de emprego.