Muitas coisas podem acontecer em 15 anos. Em 2003, na primeira vez que Felipe Melo ganhou o Brasileirão, os smartphones ainda não eram uma febre global. Redes sociais como o Facebook e o Twitter, por exemplo, nem existiam ainda. Mas durante todo esse tempo, o meia manteve a paixão pelo futebol E foi por isso que, nestedomingo, no Allianz Parque, em São Paulo, ele pôde levantar a taça do Brasileirão mais uma vez, 15 anos depois.

– Tenho três filhos a mais, mais experiência, mais idade. A cada ano que passa o futebol vai terminando para mim. Mas acho que é isso, a vontade de vencer, de jogar futebol permanece. Eu nasci para jogar futebol, para lutar pelos meus objetivos.

O primeiro título do Brasileirão de Felipe Melo foi em 2003, com o Cruzeiro. Ainda jovem, o meia revelado no Flamengo fez parte da campanha que terminou com a Tríplice Coroa (Mineiro, Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro). Depois de uma passagem de sucesso pela Europa, Felipe Melo voltou ao Brasil no começo do ano passado com um objetivo: se tornar ídolo de uma grande torcida.

Quis o destino que as trajetórias do meia e do Palmeiras se cruzassem. E deu certo, como não poderia ser diferente. Afinal, quem faz as coisas com a paixão que Felipe Melo joga futebol dificilmente não alcança seus objetivos.