Apesar da promessa de que a Delegacia Cidadã de Cascavel seria licitada ainda neste ano, o processo ficará para 2019.

Segundo o secretário de Segurança do Paraná, Júlio Reis, o projeto está em fase de implantação e o estudo deverá ficar pronto para licitação da empresa responsável por fazer a obra no primeiro trimestre do ano que vem. “O projeto da Delegacia Cidadã é padrão, o mesmo para todo o Estado, e por isso é necessário que uma empresa faça a implantação, para adequar a ideia ao tipo de terreno. A empresa contratada pelo Estado ainda está dentro do prazo e acreditamos que nos primeiros três meses do ano que vem esteja disponível o terreno para construção”, disse.

A luta por uma Delegacia Cidadã em Cascavel é antiga para substituição do prédio deteriorado da 15ª SDP (Subdivisão Policial) de Cascavel, que já não comporta mais a quantidade de policiais e a necessidade da comarca. Inclusive, já houve a demolição do cadeião, que até hoje é usado, geralmente com o triplo da sua capacidade.

O terreno disponibilizado para construção da estrutura fica no Centro de Cascavel, onde funcionava a Escola Municipal Gládis Maria Tibola, prédio que foi incendiado e hoje abriga apenas os destroços.