Cuidado! Síndrome Respiratória Aguda Grave está atacando

Todas as regiões do País seguem na zona de risco e com atividade semanal muito alta para SRAG

O relatório semanal do sistema InfoGripe da FioCruz (Fundação Oswaldo Cruz), relativo à semana epidemiológica 17 (19 a 25 de abril), destaca uma tendência de aceleração no crescimento das internações por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG).

Quando usar máscara de pano

A SRAG é caracterizada por internações por sintomas como tosse, febre e dificuldade respiratória, saturação abaixo de 95%, por qualquer vírus, inclusive pela covid-19.

Todas as regiões do País seguem na zona de risco e com atividade semanal muito alta para SRAG, com predominância de 77,5% do novo coronavírus entre os casos que já tiveram um resultado laboratorial positivo.

Em Cascavel, de acordo com a Secretaria de Saúde, as Síndromes Gripais (SG) e as Síndromes Respiratórias Agudas Graves (SRAG) são monitoradas nas unidades sentinelas da gripe (UPAs e hospitais).

Dados preliminares do SVIEP GRIPE trazem um aumento de SRAG na semana 17 (de 19 a 25 de abril) no Município, na comparação com o mesmo período de 2019: de 13 para 19 casos de internamento.

Quanto à tipologia viral, ainda não é possível confirmar qual o vírus, uma vez que os exames estão em processamento.

Prevenção

A Secretaria de Saúde de Cascavel destaca a importância dos pacientes com doenças pré-existentes e seus familiares de continuarem cumprindo as medidas de isolamento social, pois, além de prevenir covid-19, previne outras doenças infecciosas.

Isolamento social

De acordo com o boletim informativo da Secretaria de Saúde, o isolamento social foi aderido por 54% da população na semana do dia 22 a 28 de março. No entanto, durante o mês de abril, a adesão ao isolamento caiu para 41%.

Agora, a porcentagem se mantém em 42% desde o início deste mês no Município.

 

 

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

um × três =