Mais uma ação educativa "Criança Segura" foi realizada na manhã desta sexta-feira (14) organizada pela Cettrans (Companhia de Engenharia de Transporte e Trânsito), Ecocataras e Polícia Rodoviária Federal.

Durante este mês, a ação que visa a segurança da criança ao transitar, aconteceu em algumas áreas escolares da cidade, conscientizando pais, responsáveis e professores. Hoje, a atividade foi realizada na Avenida Brasil.

Em uma caixa de abordagem, os agentes de trânsito orientavam as famílias que transitavam pela avenida sobre as normas de segurança e os cuidados com os pequenos, dentro e fora do veículo, além de distribuir material educativo.

"Procuramos conscientizar as pessoas que transportam crianças da importância do uso correto do dispositivo de segurança veicular, alguns alegaram desconhecimento e até utilizavam o dispositivo, mas de forma errônea", detalha Luciane de Moura, coordenadora de Educação de Trânsito.

Segundo a Resolução 277 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), os dispositivos devem seguir a seguinte normativa: bebê conforto, de costas para o motorista, de 0 a 1 ano; de 1 a 4 anos utilizar a cadeirinha; de 4 a 7 anos e meio, o banco de elevação e até 10 anos, no banco de trás, em todas as opções sem esquecer o uso do cinto de segurança.

"Conversamos com os motoristas e repassamos que o mais importante é a segurança, e que se uma criança possui mais de sete anos e meio e o cinto ainda encosta no pescoço, vale a pena usar o banco de elevação", complementa Luciane.

Além dessas informações também foram esclarecidas dúvidas, como o uso do cinto abdominal e o transporte de crianças no veículo sem o banco traseiro.