POLICIAL

Criança afogada no bairro Country brincava no tanquinho com água

09 de maio de 2022 às 11:47
Publicidade

A Polícia Civil deve indiciar por homicídio culposo quando não tem intenção de matar, a madrasta de Isabeli de 3 anos que morreu afogada dentro de um tanquinho de lavar roupa no sábado (7) dentro de um apartamento no bairro Country, em Cascavel.

Menina morreu afogada ao cair em uma máquina de lavar roupas. O acidente doméstico é investigado como homicídio culposo, quando não há intenção de matar.

“Informamos que os relatórios de investigação estão sendo elaborados, com o cuidado e a perícia necessários, a fim de se entender adequadamente a dinâmica da ocorrência e se apurar, em detalhes, as razões que levaram à morte da criança. Num segundo momento, os relatórios serão encaminhados à sede da Subdivisão para a continuação das diligências investigativas.”

De acordo com exames periciais a menina não tinha lesões aparentes, o que significa que não houve dolo de crime contra a vida, mas isso não afasta a responsabilidade da madrasta.

Segundo a Polícia Civil, a menina brincava em cima de um banquinho na frente da máquina modelo tanquinho, a madrasta tinha tirado as roupas poucos minutos antes do acidente. A máquina ainda estava cheia de água quando a menina caiu, alguns brinquedos foram encontrados dentro da máquina. A mulher estava arrumando o guarda-roupas, no quarto.

Assessoria/ Com informações Catve

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE