Corte de araucárias em Cascavel

O MPPR enviou uma recomendação para prefeitura de Cascavel para que o corte seja suspenso

O MPPR (Ministério Público do Paraná) encaminhou recomendação administrativa ao prefeito de Cascavel para que seja suspenso o corte de 231 araucárias adultas, autorizado pelo Instituto Água e Terra com o argumento de que é necessário para a readequação da Estrada Arataca. A permissão, no entanto, teria sido concedida sem a realização do Estudo e do Relatório de Impacto Ambiental, obrigatórios por lei.

Quando usar máscara de pano

A recomendação considera o fato de as araucárias serem espécies protegidas por lei, bem como o dano ambiental não poder ser revertido. Leva em conta também o cenário de pandemia do novo coronavírus (covid-19), quando os órgãos de fiscalização não estão em pleno funcionamento.

Mosquito da dengue nas áreas externas


Fale com a Redação

17 − 17 =