Um grupo de agricultores e pecuaristas, moradores da Linha Jangada Taborda, esteve no gabinete da Presidência da Câmara de Vereadores de Cascavel nessa terça-feira (6) para reivindicar 8 quilômetros de asfalto para aquela região. Eles foram recebidos pelo presidente Alécio Espínola (PSC) e pelos vereadores Melo (Progressistas) e Tiago Almeida (DEM).

A comitiva, formada pelos moradores Jorge Neves, Décio Fornari, Ciloel Farias, Rita Stofella, Diógenes Camargo, Amado Maculan, Lauro Colombo, Siloaldo Farias e Lailson Miranda, destacou que o asfalto já é cobrado há vários anos. A melhoria é importante para garantir que o escoamento da safra e os produtos cheguem à cidade com maior rapidez.

Eles disseram respeitar o fato de que outros distritos vêm recebendo asfalto, pois já foram mais de 3 mil km nos últimos quatro anos, mas agora querem que seja a vez deles. Os moradores cobram representatividade, pois afirmam estarem cansados de passarem por seguidas administrações na prefeitura e as melhorias não chegarem. Por esse motivo, resolveram apelar aos vereadores.

Alécio acolheu a comitiva e se solidarizou com a reivindicação apresentada. “É necessário avançar. E esse deve ser o nosso compromisso, meu e dos vereadores Tiago Almeida e Melo, o de levar o asfalto até essas comunidades”, garantiu o presidente.

Melo destacou o desafio de conseguir esse asfalto: “Nós sabemos que não é fácil. Cada quilômetro de asfalto no interior custa aproximadamente R$ 1 milhão, mas estamos unidos eu, o Tiago e o Alécio, e vamos lutar muito para que isso ocorra o mais breve possível”, disse.

Tiago Almeida falou da importância da região e firmou o compromisso dos três vereadores: “A região sul de Cascavel vem avançando. Está prestes a ser alargada a Rua Rio da Paz, há uma nova UBS prometida pelo Executivo e também o Ecopark do Santa Felicidade. Porém, juntos vamos até o prefeito [Leonaldo] Paranhos para que seja incluído esse outro desafio ainda no atual mandato, o de levar o asfalto até a comunidade de Jangada Taborda”, afirmou o parlamentar.