Com publicação em Diário Oficial, começa contar prazo da 2ª ponte

O segundo passo será a assinatura da ordem de serviço e o início

Foz do Iguaçu – O DOU (Diário Oficial da União) dessa quarta-feira (29) publica o Extrato de Convênio entre o Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes), o governo do Estado e a Itaipu Binacional para a construção da Ponte da Integração Brasil-Paraguai e dos acessos às duas aduanas que serão construídas e à BR-277 (Perimetral Leste).

A partir dessa publicação, o segundo passo será a assinatura da ordem de serviço e o início, de fato, das obras. Com isso, o Bairro Porto Meira, em Foz, deverá se transformar num grande canteiro de obras. O mesmo deve acontecer em Presidente Franco, no lado paraguaio, onde se prevê a criação de mais de mil empregos para as obras de acesso à ponte e também na ligação com a área urbana do Município.

As obras terão custo de R$ 448.663.562,64 e serão concluídas em até quatro anos (1.460 dias) a contar da publicação do documento no Diário Oficial, PI seja, 29 de maio de 2019.

O convênio foi assinado no dia 10 de maio.

Pelo convênio, caberá ao governo do Estado elaborar os estudos e os projetos básicos e de engenharia e a execução das obras da ponte internacional, ligando Foz do Iguaçu e Presidente Franco, no Paraguai; a elaboração de estudos e projetos básicos e executivos de engenharia e execução das obras do acesso à ponte, ligando-a a BR-277, incluindo as obras de arte especiais (pontes) e as aduanas Brasil/Paraguai e Paraguai/Brasil, fases que já foram concluídas.



Fale com a Redação

três × 4 =