AMPARAR

Coluna Amparar: Cocriando a realidade

18 de julho de 2022 às 15:29
Publicidade

Acredito que você já tenha ouvido falar disso, de que é possível cocriar nossa realidade. Mas o que significa isso precisamente? De forma prática, a cocriação é tudo aquilo que pensamos, falamos e sentimos. Esse processo se converte em ações e produz nossa realidade. Mesmo que pareça, não é milagre e nem mágica. É um fato comprovado pela ciência, por meio de um experimento da física quântica. Os átomos se comportam como partícula e, ao mesmo tempo, como ondas de energia. Pensando nisso, o comportamento do átomo depende do olhar ou da energia do observado – no caso você – para criação do objeto ou realidade. Deu para entender?

Tudo o que desejamos verdadeiramente – quando aplicamos o foco, sentimento e pensamento corretos – podemos tornar realidade. Afinal, “tudo é possível, mas nem tudo é provável”. Quando compreendemos isso, nos deparamos com infinitas possibilidades, ou seja, uma onda de probabilidades, em forma de informação, energia sutil e para que essa onda renderize (ou seja, se torne matéria, o que chamamos de ‘real’), é necessário que haja uma decisão. Por isso você precisa que o seu “querer” seja “viver, sentir” como se já fosse… e é isto que vai impulsionar a materialização na sua vida! Vamos ilustrar isso com um pequeno relato extraído de um antigo livreto. Talvez ajude você a cocriar sua própria realidade.

O relato em questão é de uma pessoa que desejava muito ter uma casa, porque a partir da casa ela entendia que traria segurança para o filho. Com o objetivo de tornar esse desejo realidade, ela passou muito tempo cocriando essa realidade: “eu quero uma casa; eu quero dar conta de comprar uma casa”. Acontece que a casa não apareceu!

Foi nesse contexto de decepção e expectativa que essa pessoa se deparou com um sábio. Ele lhe perguntou: “ok, mas para que você quer a casa?” Ela respondeu: “eu quero a casa para trazer segurança para o meu filho; quero que ele tenha uma boa escola, boa educação; quero que ele tenha possibilidades para o futuro. Se eu tiver uma casa não vou precisar pagar aluguel, e vou poder fazer essas outras coisas”.

O sábio, então, disse para ela: “ok, o que você quer não é a casa, certo? O que você quer mesmo é que o seu filho receba uma boa educação para que tenha boas possibilidades para o futuro, correto?”. “Sim, exatamente”, respondeu ela. Quando a pessoa focou no que ela realmente desejava ela conseguiu uma proposta de trabalho. Sua função era atuar como cozinheira para uma família. Depois de um tempo a família fez a seguinte proposta a ela: “você tem um filho, certo? Para nós seria muito importante que o nosso filho também tivesse uma criança na mesma idade de modo que possa conviver com outra criança. Então nós lhe ofertamos um lugar para morar”.  Seu filho passou a conviver com o filho dos patrões. Depois de certo tempo, o patrão lhe disse: “nós gostaríamos que seu filho frequentasse a mesma escola do nosso filho, porque dessa forma eles vão criar laços, ficar próximos. Ele é filho único e não convive com outras crianças”. Assim o filho da empregada teve acesso a uma educação de alto nível que a mãe tanto queria.

Assim a mãe cocriou a realidade que ela tanto desejava: ter uma casa, boa educação para o filho e boas possibilidades na vida para ele!

José Luiz Ames

Rosana Marcelino

——

JOSÉ LUIZ AMES E ROSANA MARCELINO são consteladores familiares e terapeutas sistêmicos e conduzem a Amparar – whatsapp: https://bit.ly/2FzW58R

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE