No protagonismo

A filiação de Sérgio Moro ao Podemos está sendo bastante comemorada pelas lideranças da legenda no Paraná. A expectativa é que Moro ajude a formar uma forte bancada federal e eleve a sigla a um novo patamar no Estado. “O Podemos vai ganhar protagonismo nacional e no Estado, que deve eleger uma forte bancada federal. Moro é um nome que conta com o respaldo dos paranaenses e o respeito da população em geral. É a terceira via com maior densidade eleitoral entre todas que se apresentaram até o momento”, avalia o presidente da estadual da legenda, Cesar Silvestri Filho.

 

Mandamento constitucional

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) considerou importante a aprovação pelo Senado da proposta que insere na Constituição Federal o direito de famílias em situação de vulnerabilidade social de receber uma renda mínima do Estado. “É uma política pública mais que necessária, que reforça os preceitos da Constituição Cidadã”. Romanelli destaca que o Brasil precisa de um instrumento perene que contribua para reduzir as enormes desigualdades sociais e regionais do País. “Como mandamento constitucional, o programa de renda básica ganha mais segurança de execução”, avalia o deputado, que cita também ganhos para a economia do País.

 

Vozes do Paraná

O jornalista, professor e escritor, Aroldo Murá, lançou, nesta quarta-feira (10), no Palácio Garibaldi, o volume 12 da coleção “Vozes do Paraná – Retratos de Paranaenses”. O novo volume corresponde à edição de 2020, que “deixamos de lançar no ano passado em função da pandemia”, disse o jornalista. Editado pelas editoras Bonijuris, Esplendor e Alma Mater, o livro prossegue sua carreira de retratar – em breves perfis – homens e mulheres que fazem a história do Paraná de hoje. A edição conta com o apoio de Jubal Dohms, André Nunes e Maí Nascimento – terá os perfis de 13 personagens. O livro será colocado à venda previamente e também vendido no local.

 

Líder no PSL

O deputado Luiz Fernando Guerra (PSL) foi escolhido para assumir a Liderança do Bloco Parlamentar formado pelos partidos PSL (Partido Social Liberal) e PTB (Partido Trabalhista Brasileira) cujas bancadas são integradas por cinco deputados na Assembleia Legislativa do Paraná. A comunicação foi feita à Mesa Executiva em ofício assinado pelos deputados Delegado Fernando Martins, Coronel Lee, Ricardo Arruda, todos do PSL, e Tião Medeiros (PTB) e ainda subscrita por Guerra. No requerimento também há a indicação dos deputados que serão os vice-líderes do Bloco: Coronel Lee e Ricardo Arruda.

 

Eleição no TRE

A eleição dos desembargadores para o Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Paraná (TRE-PR) será realizada nesta sexta-feira (12/11), às 9 horas, em sessão do Tribunal Pleno. A eleição é referente ao preenchimento de duas vagas na qualidade de membro efetivo e uma vaga de membro substituto do TRE-PR. Os cargos a serem preenchidos são em decorrência do término dos mandatos do Desembargador Tito Campos de Paula e do Desembargador Vitor Roberto Silva. Além das eleições, será discutida a alteração do artigo 52, III, do Regimento Interno do Tribunal de Justiça do Paraná (TJPR) e outros assuntos administrativos na reunião.

 

Vai de Planalto

A cúpula do PSB voltou a cogitar a candidatura do ex-ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Joaquim Barbosa à Presidência da República pelo partido, só que agora em 2022. A possibilidade foi discutida em um jantar de Barbosa com integrantes da direção da legenda, na sede nacional da sigla, em Brasília. Segundo fontes da cúpula do PSB, o ex-ministro demonstrou disposição em concorrer ao Planalto, mas rejeitou disputar outro cargo majoritário, como a uma vaga no Senado.