O Consamu acaba de divulgar o boletim da ocupação de leitos de UTI exclusivas para tratar pacientes com covid-19. Dos 208 leitos de UTI de toda a Macrorregional Oeste, havia apenas um vago, mas há 28 pacientes à espera de internamento na unidade intensiva. Esse é o pior cenário já registrado na região desde o início da pandemia, há quase um ano.

Dos 12 hospitais com leitos de UTI, apenas três tinham leitos vagos, contudo, em outros dois a ocupação extrapolou os 100%, sendo usados leitos de outras alas para socorrer os pacientes em estado grave.

A Macrorregional tem 208 leitos de UTI exclusivos para pacientes covid-19, e agora 207 estão ocupados. Cascavel tem 19 pacientes na fila de espera por leito de UTI, enquanto Francisco Beltrão tem cinco e Toledo tem dois.

Dos 255 leitos de enfermaria, 204 estão ocupados, mas há 48 pacientes à espera de transferência.