H) Billboard Internas (320X50)

COTIDIANO

CNE autoriza funcionamento de faculdade em Capitão

21 de dezembro de 2017 às 07:25
Publicidade

Capitão Leônidas Marques – Autoridades e comunidade de Capitão Leônidas Marques estão em festa. É que o CNE (Conselho Nacional de Educação), órgão ligado ao Ministério da Educação, acaba de aprovar parecer que autoriza o funcionamento da Fundação Cultural Xingu (Faculdade Dom Bosco) no município. “Esse é um sonho antigo e que agora está muito perto de ser confirmado”, diz o prefeito Cláudio Quadri (PMDB), que iniciou todas as tratativas para a implantação de uma extensão ou de um campus universitário em sua segunda gestão, encerrada há cinco anos.

O Conselho do CNE esteve reunido, em Brasília, de 4 a 7 de dezembro, para a análise de vários temas e de inúmeras solicitações. Um dos assuntos colocados na pauta foi o parecer do relator Luiz Roberto Lisa Curi, que se disse favorável à reivindicação da Fundação Cultural Xingu de funcionamento de uma unidade da Faculdade Dom Bosco, que tem sede em Ubiratã, em Capitão Leônidas Marques. A aprovação dos conselheiros ao parecer do relator foi unânime. “E isso é muito relevante para todos que, há anos, aguardavam a concretização desse grande projeto”, conforme Quadri.

O projeto de autorização encaminhado é para funcionamento dos cursos Administração, Ciências Contábeis e Pedagogia. Uma das orientações é que o número de vagas para cada carreira será definido pela Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior. Já há uma estrutura física pronta, construída na segunda gestão de Cláudio Quadri, e que poderá abrigar a extensão ou campus. Ela está localizada na avenida Tibagi, quadra número 59, no Centro da cidade. O primeiro vestibular será em janeiro e o início das aulas, provavelmente em fevereiro, com 200 alunos.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

K) Rodapé Internas (728x90) Desktop