COTIDIANO

Cerca de 17 mil cascavelenses já usaram bicicletas compartilhadas em mais de 45 mil viagens

03 de maio de 2022 às 15:39
Publicidade

Há quase dois anos o município de Cascavel conta com o serviço de compartilhamento de bicicletas. As bikes verdinhas aos poucos se tornaram parte da cidade e caíram no gosto dos cascavelenses. De acordo com o relatório da empresa responsável pelo Vai de Bici, o serviço já tem 16.841 usuários, que já fizeram 45.889 viagens, mantendo uma média de 65 usos por dia.

Os cascavelenses já percorreram mais de 283 mil quilômetros com os veículos pelas ciclovias do município, evitando a emissão de mais de 56 mil quilos de dióxido de carbono no ar, garantindo a sustentabilidade do projeto, que é fruto de uma parceria com a Prefeitura de Cascavel.

Hoje, são oitos estações espalhadas pelos mais diversos cantos de da cidade, que disponibilizam 56 bicicletas. As mais procuradas são as da Catedral e a do Lago Municipal. O horário das 12h às 17:59 é o que registra o maior pico de uso, seguido pelo das 18h às 22h.  O tempo médio de uma viagem tem sido de 29 minutos.

Conforme o diretor comercial da empresa, Maurício Sena, o compartilhamento de bicicletas está sendo muito positivo em Cascavel. “O programa é um grande sucesso de todas as formas que possamos analisar, no uso correto e cada dia mais frequente pelas pessoas, no cuidado dos equipamentos por toda a sociedade, uma vez que em todo  mundo o índice de vandalismo em projetos de compartilhamento de bicicleta varia de 2% a 5%, e nós praticamente em Cascavel temos índice 0%; isto demostra um grau de educação e cuidado com os equipamentos muito acima da média das outras cidades. Também temos notado que os turistas que visitam nossa cidade se encantam com as bicicletas e fazem turismo pelas nossas ciclovias utilizando o projeto”, avalia.

O programa além de incentivar o uso de energia limpa, também estimula a prática de uma atividade física, unindo sustentabilidade e bem-estar dos cascavelenses nas simples pedaladas.

Dentre os usuários, a maioria que tem utilizado o serviço é do sexo masculino, com 54,9% de representatividade. Em relação à faixa etária, os jovens são os que mais utilizam o modal verde, visto que 51% são ciclistas de 20 a 30 anos, seguido por 28,6% de pessoas de 30 a 40 anos.

COMO USAR?

O serviço que não teve custo ao Município é muito simples de ser aderido na prática pelos cascavelenses. O primeiro passo é fazer o cadastro no site ou aplicativo Vai de Bici: https://www.cascavelvaidebici.mobhis.com.br/

Na plataforma, você preenche todos os dados e escolhe o plano. São três disponíveis: diário no valor de R$ 5, mensal por R$ 15 e anual de R$ 90. O pagamento é feito automaticamente pelo cartão de crédito.

Com o cadastro aprovado, o cidadão só precisa ir até uma estação, colocar os dados como CPF e senha no Totem e pronto. É só escolher a bicicleta e sair pedalando pela cidade. O passe que você compra te dá direito a usar por uma hora. Após esse período, é preciso entregar a bicicleta em qualquer estação e esperar por 30 minutos, passado esse tempo é possível usar a bike novamente, inclusive várias vezes por dia.

O serviço fica disponível das 6h às 22h. Caso não seja cumprido o estabelecido, o usuário fica sujeito à multa no cartão de crédito.

(Fonte: Secom)

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE