POLICIAL

Caso Rossi: Empresário morre e familiar é preso

19 de junho de 2019 às 14:14
Publicidade

O empresário Sandro Rossi, atingido por mais de 20 tiros no dia 24 de abril, morreu na madrugada de ontem no HU (Hospital Universitário) de Cascavel, onde estava internado desde então, inconsciente. Ele passou por diversas cirurgias, mas não resistiu a uma hemorragia interna.

Sandro já havia sofrido um atentado à vida em novembro do ano passado. E seu irmão Robson foi vítima de tentativa de execução no dia 5 de junho, no Centro de Cascavel. Cerca de 30 tiros foram disparados contra ele e só um acertou seu rosto. Ele recebeu alta no dia seguinte.

A Delegacia de Homicídios não descarta a ligação dos três crimes e informa que já realizou inúmeras diligências, mas não divulga detalhes. Até o momento ninguém foi preso.

Prisão

Na tarde de ontem, o irmão de Sandro, o Robson, foi preso durante o velório. De acordo com testemunhas, ele estava armado com uma pistola 9 mm. O Pelotão de Choque foi acionado e ele foi levado à 15ª SDP.

Participe do nosso grupo no WhatsApp

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE