O ano de 2021 segue violento em Cascavel. Nos sete primeiros meses do ano, já foram registrados 30 homicídios, o maior número desde 2017, conforme acompanhamento diário do Jornal HojeNews.

Em 2017, houve 47 homicídios no mesmo período.

No trânsito, o saldo de mortes é o maior desde 2016, quando 41 pessoas perderam a vida nas ruas de Cascavel. Neste ano, são 32.

Nos últimos dez anos, 2012 segue como o mais sangrento, com 103 mortes violentas (homicídios, feminicídios, latrocínios e confrontos).

O saldo de 2021 já cresceu. Sebastião Vaz de Oliveira foi morto a tiros no último domingo (1º) e não entrou nessas estatísticas.